Brasília Vítima de latrocínio, padre polonês de Paróquia é estrangulado

Por: Renata Rusky

Publicado em: 22/09/2019 15:58 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet
Na noite deste sábado (21), o padre polonês Kazimierz Wojno, 71 anos, mais conhecido como Casemiro, da Paróquia Nossa Senhora da Saúde, localizada na 702 Norte, em Brasília, foi estrangulado. Segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal, ele foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Diversos objetos da Igreja foram roubados e o religioso foi encontrado com pés, mãos e pescoço amarrados. O caseiro José Gonzaga da Costa, 39, foi amarrado no local e conseguiu pedir socorro. Ele sofreu escoriações nos braços e nas mãos e foi transportado, estável e orientado, pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional da Asa Norte. 

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, Casemiro vinha reclamando da insegurança no local há um bom tempo. Não foi a primeira vez que a Paróquia Nossa Senhora da Saúde foi alvo de roubo. Em abril deste ano, em pleno domingo de Páscoa, o sacrário da casa, estimado em torno de R$ 20 mil, foi furtado e encontrado três dias depois sendo negociado em um ferro-velho em Samambaia. O objeto usado para guardar as hóstias consagradas estava amassado, riscado e faltando um pedaço. 

Em nota, a Arquidiocese de Brasília lamentou a morte do padre Casemiro e informou acompanhar o caso. De acordo com a entidade, o religioso tem 46 anos de sacerdócio. "Convidamos a todos para participarem do velório e da missa e exéquias na Paróquia N. Sra. da Saúde, em horários a serem divulgados tão logo possível", frisou o texto. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.