conversas Advogados de Lula querem divulgar áudios que provariam interceptação ilegal

Por: Danielle Santana - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/09/2019 10:48 Atualizado em:

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Um manisfesto elaborado por 17 juristas acusando o ministro da Justiça, Sergio Moro, e a força-tarefa da Lava Jato de promoverem um julgamento injusto do ex-presidente de República, Luiz Inácio Lula da Silva, gerou réplica dos procuradores da operação e tréplica dos advogados do ex-presidente. 

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, em carta enviada ao professor Matthew Stephenson, da Faculadade de Direito de Harvard, os advogados se colocam a disposição para divulgar áudios durante uma conferência internacional com o objetivo de provar que foram interceptados de maneira ilegal por ordem do ex-juiz Sergio Moro. Entre as conversas, estariam diálogos entre Lula e o advogado Cristiano Zanin, por exemplo. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.