GOVERNO BOLSONARO Moro afirma não ter estabelecido condição para assumir ministério

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/05/2019 11:02 Atualizado em: 13/05/2019 11:43

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou, nesta segunda-feira (13), durante uma palestra em Curitiba que não estabeleceu condições para aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para assumir um cargo em seu governo. Sem falar sobre a possível indicação para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), Moro disse que sua adesão ao governo ocorreu por conta de "uma convergência de pautas". 

"Não estabeleci nenhuma condição aceitar o convite", disse Moro em um congresso promovido pela Esmafe-PR (Escola de Magistratura Federal do Paraná) e pela Ajufe (Associação dos Juízes Federais). "Quero trabalhar contra a corrupção, crime organizado e crime violento. Houve uma convergência de pautas [com o presidente]." 

As declarações de Moro foram dadas um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro ter afirmado que o ex-juiz federal será indicado para ocupar uma vaga no STF , assim que uma posição for aberta. 

O presidente falou sobre a indicação de Moro ao STF em uma entrevista à rádio Bandeirantes. "A primeira vaga que tiver, eu tenho esse compromisso com o Moro [de indicá-lo]", disse Bolsonaro. "Fiz um compromisso com ele porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura."


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.