Crime Presa estelionatária por aplicar golpe em idosa de 72 anos com Alzheimer

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/06/2019 15:12 Atualizado em: 12/06/2019 15:21

FOTO: PCPE / Reprodução  (FOTO: PCPE / Reprodução )
FOTO: PCPE / Reprodução
Uma mulher foi presa por aplicar golpe em uma idosa de 75 anos com alzheimer. Maria José da Silva, 44, estava trabalhando havia 30 dias na casa da família como cuidadora e, se aproveitando da situação, convenceu a idosa a ir com ela até uma agência de viagens, localizada no Shopping Plaza, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife, para comprar passagens aéreas de ida e volta para Portugal no valor aproximado de R$ 5 mil com o dinheiro da vítima.

Segundo a polícia, Maria José havia comparecido na agência com a idosa quinze dias antes de ser presa. "A compra foi feita no cartão de crédito da vítima, mas, após um momento de lucidez, a senhora voltou ao local sozinha e cancelou a compra”, afirmou Lídia Barci, delegada responsável pela investigação.

Durante depoimento, Maria José disse que havia começado a trabalhar para a idosa e as passagens foram dadas como um presente para o momento em que ela entrasse de férias. A delegada também revelou que a suspeita entrou em contradição no interrogatório. "Ela disse que iria passar três meses de férias na casa de amigos em Portugal, porém a suspeita conhecia a idosa há apenas um mês. Logo depois se confundium, dizendo que iria parcelar o valor das passagens em 10 vezes e que ela mesma iria arcar com os custos", completou a delegada.

A delegada ressaltou a probabilidade de Maria José ter cometido outros crimes como este. "Estamos procurando outras pessoas que possam ter sido lesadas por ela”, alertou Lidia.

Maria José da Silva irá responder pelo crime de estelionato qualificado. Por se tratar de uma idosa com limitações mentais, a pena que ela pegar pode ser duplicada, caso condenada. Ela  foi encaminhada para audiência de custódia, onde fica à disposição da justiça. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.