Sustentabilidade Plantio inédito de 10 mil mudas acontece em junho no Recife

Publicado em: 13/05/2019 15:39 Atualizado em: 13/05/2019 16:13

Atualmente, existem 260 mil árvores espalhadas pela capital pernambucana. Foto: Antonio Tenório/Divulgação.
Atualmente, existem 260 mil árvores espalhadas pela capital pernambucana. Foto: Antonio Tenório/Divulgação.
Uma maratona verde vai acontecer pela primeira vez no Recife, durante a Semana do Meio Ambiente da capital pernambucana, de 3 de 9 de junho. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade da cidade pretende plantar 10 mil mudas com ajuda da população e instituições nos principais corredores viários, parques, praças, escolas e equipamentos de saúde.

Para participar do maior plantio coletivo de mudas da capital pernambucana, é preciso efetuar um cadastro no site da secretaria. As mudas começarão a ser entregues aos endereços registrados no prazo de uma semana que antecede o evento. A culminância da maratona acontece entre 8 e 9 de junho, reunindo voluntários em pontos estratégicos da cidade definidos pela equipe de arborização do órgão.

O objetivo da ação é contribuir para que os moradores se sintam parte da construção ecológica da cidade e fortalecer a consciência cidadã sobre a importância das árvores para a sustentabilidade, adequação às mudanças climáticas, serviços ecossistêmicos e qualidade de vida da população. “O intuito é mostrar que a arborização tem potencial para favorecer as conexões ecológicas, criando um aumento funcional das áreas verdes da nossa cidade”, explica o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, José Neves Filho.

O plantio será composto prioritariamente por mudas nativas da Mata Atlântica e espécies adaptadas às condições ambientais do Recife. Entre as árvores que serão plantadas estão pau-brasil; craibeira, algodão da praia; amescla-de-cheiro; sucupira; pau de jangada; leiteiro, jenipapo brabo, martelo, cupiúba e gitó, sendo de pequeno, médio e grande portes.

Serão disponibilizadas mudas da sementeira do Jardim Botânico do Recife, além de doações do Rotary. A definição dos locais do plantio foi feita por meio de sensoriamento remoto e validação de campo e disponibilizadas na plataforma de gestão da arborização. “A identificação desses pontos é feita através da construção de uma lógica para as cidades inteligentes, que se baseiam em três elementos tecnológicos: Big Data, Internet das Coisas e Computação na Nuvem“, disse Marcos Araújo, chefe da divisão de Geoprocessamento da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife.

Hoje, existem 260 mil árvores em logradouros públicos da capital pernambucana e, desde 2013, foram plantadas 56 mil mudas. “A Maratona Verde do Recife é uma etapa do fortalecimento da consciência ecológica. Serão beneficiadas escolas, jardins públicos, espaços comunitários, parques, reforçando os principais serviços ecossistêmicos de regulação, suporte e culturais. O mais importante é plantar e cuidar”, enfatiza Neves Filho.

Saiba Mais:

Fases do plantio e manutenção das árvores

1 – Plantio
Abra a cova com profundidade de 0,60 m e abertura em função das medidas do alegrete, como recomendação. Admite-se que as aberturas poderão ter as dimensões mínimas de 0,45m x 0,45m. A retirada da muda do recipiente deve ser procedida apenas no momento do plantio
Adube o solo e prepare o berço com material orgânico (adubo)
Fixe uma haste no solo e amarre a muda a ela. Esta haste deve ser fixada no fundo da cova ao lado do torrão, sem prejudicar as raízes e devem apresentar altura total igual ou maior que 2,20 m, enterrando no mínimo 0,50
Irrigue a terra logo após o plantio até encharcá-la

2 – Manutenção
Após o plantio, inicia-se o período de manutenção da arborização. Procure regar a muda três vezes por semana e adube pelo menos duas vezes ao ano.

3 – Poda
A execução da poda deverá ser conduzida por pessoas habilitadas, sob supervisão técnica, utilizando-se materiais e equipamentos adequados e medidas de proteção aos profissionais e à população.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.