Crime Parque Águas Finas decreta luto oficial após assassinato de Mário Gouveia

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/04/2019 08:37 Atualizado em: 24/04/2019 09:04

Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto (Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto)
Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto
Em nota divulgada através das páginas oficiais nas redes sociais, o Parque Águas Finas decretou luto de três dias após o homicídio do empresário Mario Cavalcanti Gouveia Junior, 78 anos. O idoso é proprietário do parque aquático e foi morto a tiros em sua mansão, localizada no quilômetro 17 da Estrada de Aldeia, no município de Paudalho, Mata Norte do estado, onde também funciona o balneário.

Leia mais:



Na manhã de ontem, dia em que o crime ocorreu, o Parque informou que estará fechado nos próximos três dias em luto oficial. Na manhã desta quarta-feira (24), equipes do Instituto de Criminalística, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), devem permanecer realizando as perícias e investigações para chegar até os autores do assalto.

Confira a nota na íntegra:

O Parque Águas Finas comunica a todos que encontra-se de LUTO OFICIAL em virtude do falecimento de seu fundador e proprietário Mário Gouveia Cavalcanti Junior.

O Parque estará FECHADO nos próximos 3 dias.

Nós que fazemos o Parque Águas Finas lamentamos profundamente o falecimento do nosso fundador. Continuaremos o legado do Sr. Mario, que era dar diversão às pessoas e proporcionar um parque único a todos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.