Natureza Moradores acompanham nascimento de tartarugas no Janga

Publicado em: 24/03/2019 09:08 Atualizado em: 24/03/2019 09:15

Foto: Francisco Marques
Foto: Francisco Marques
A enfermeira Giselly Augusto, 35 anos, viu de perto as 90 tartarugas da espécie Pente nascerem na Praia da Enseadinha, no Janga. Assim como ela, cerca de 50 pessoas também presenciaram, no sábado, o momento da abertura do ninho e o processo de chegada dos bichinhos até o mar.

Maria de Fátima, 68 anos, também esperou ansiosa. "Ver todas elas saindo e indo em direção ao mar é emocionante. Só tinha visto isso pela televisão e estou bastante feliz em poder prestigiar esse momento aqui, ao vivo."

Segundo o gestor ambiental de Paulista, Hebert Andrade, a partir da identificação dos pontos de desova, a monitoração dos ninhos é feita diariamente, à noite. "O período de incubação das tartarugas dura entre 45 e 60 dias e elas levam em média 48h para saírem do local. No momento, estamos acompanhando outros quatro ninhos ativos no município", explicou.

O trabalho de fiscalização faz parte do Projeto Municipal Praia Viva, que tem o intuito de garantir que os animais cheguem ao mar com segurança, evitando a interferência do homem (pescadores, banhistas, moradores) e dos predadores naturais. Vale ressaltar que, além da equipe da prefeitura, moradores também ajudam no trabalho de monitoramento, informando aos profissionais da gestão sobre o aparecimento de ninhos. 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.