música Novo álbum de Prince com faixas inéditas é lançado antes pela Tidal

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 10/06/2019 10:11 Atualizado em: 10/06/2019 10:57

Foto: Tidal/Divulgação
Foto: Tidal/Divulgação

A plataforma de streaming Tidal lançou, na última sexta-feira (7), um álbum com faixas inéditas do cantor Prince, que morreu em abril de 2016 e é lembrado por trabalhos como Purple rain. Em Originals, os fãs se deparam com 15 faixas, sendo 14 composições inéditas na voz do cantor. O material foi extraído diretamente do arquivo deixado por Prince, e as faixas foram selecionadas pelo rapper Jay-Z e Troy Carter.

Algumas das músicas escolhidas para o álbum tornaram-se hits de outros artistas e agora são lançadas na voz de Prince. É o caso de Manic monday, escrita para Susanna Hoffs, e Nothing compares 2 U, interpretada até então por Sinéad O'Connor.

A Tidal organizou eventos ao redor do mundo para divulgação do álbum em países como Estados Unidos, Espanha, Polônia e até no Brasil, em São Paulo. Na ocasião, Edgard Piccoli, 54, apresentador de música na MTV até 2016, fez o anúncio o novo disco.

"Prince era um cara com talento para a música como compositor, músico,  arranjador e até para a mídia. Com o estouro de Purple rain, em 1984, ele ganhou a projeção astronômica que ele tem", disse Piccoli na ocasião.

"Ele teve a audácia de oferecer músicas para artistas ousados e muito diferentes. A influência dele hoje é muito perceptível no beat, no sarcasmo nas letras, na lascívia dele como artista de palco. É uma referência de lifestyle, moda, sexualidade... É um cara muito a frente de seu tempo e contestador em muitos aspectos."

O evento aconteceu na casa Caracol Bar, o primeiro Bar audiofólio do Brasil, que conta com sistema analógico e equipamentos importados de Londres para melhor definição do som. 

Morto aos 57 anos por conta de uma overdose acidental, Prince é um dos cantores mais lembrados no cenário musical. Seu álbum póstumo também chega às demais plataformas no próximo dia 21 de junho.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.