tv Nova Malhação traz luta de mãe adolescente e angústias por orientação sexual

Por: Estado de Minas

Publicado em: 15/04/2019 10:00 Atualizado em: 15/04/2019 08:46

Em Malhação - Toda forma de amar, que estreia na terça-feira na Globo, o amor prevalecerá nas relações. Joaquim Lopes, Paloma Duarte, Alanis Guillene e Pedro Novaes protagonizam a trama teen. Foto: Estevam Avellar/Globo
Em Malhação - Toda forma de amar, que estreia na terça-feira na Globo, o amor prevalecerá nas relações. Joaquim Lopes, Paloma Duarte, Alanis Guillene e Pedro Novaes protagonizam a trama teen. Foto: Estevam Avellar/Globo

Malhação: Toda forma de amar estreia na próxima terça-feira (16) na Globo com histórias de amor que se cruzam. A primeira delas é a luta de Rita (Alanis Guillen), mãe adolescente moradora da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, em busca da filha que foi tirada de seus braços, dada como morta e entregue para a adoção por seu pai. Na missa de sétimo dia dele, a garota descobre a verdade e vai atrás da criança que, a esta altura, está sendo criada pelo casal Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes). Eles também são pais de Filipe (Pedro Novaes) e sofrerão com a batalha judicial. Além disso, o folhetim de Emanuel Jacobina mostra a relação de jovens que testemunham um crime e se unem para lidar com questões como a violência urbana.

“A Lígia enfrenta uma situação muito difícil, que é a disputa de uma filha na Justiça. É um tema sensível. Temos que tocar nesse assunto com muita responsabilidade”, afirma Paloma Duarte. Na trama, Rita se muda para a casa de Carla (Mariana Santos), amiga de sua falecida mãe, após a morte do pai. Lá, passa a buscar por informações do paradeiro da filha até encontrá-la. No entanto, a mocinha terá muitas dificuldades para provar à Justiça que pode ser uma boa mãe para a criança. Seu principal obstáculo será Lara (Rosanne Mulholland), advogada que é irmã de Lígia e tem o intuito de defender os interesses da família a qualquer custo.

“A grande motivação de Rita é ter a filha de volta. Vai ser uma luta dura, pois ela não imagina que a situação que presencia em uma van, entre outros fatores, pode acabar prejudicando a personagem no processo para ter a menina de volta”, adianta Alanis Guillen.

Rita testemunhará a retirada de um rapaz de dentro de uma van por homens armados. Além dela, Raíssa (Dora de Assis), Thiago (Danilo Maia), Jaqueline (Gabz), Guga (Pedro Alves) e Anjinha (Caroline Dallarosa) presenciam o crime. Todavia, os jovens não sabem o que fazer e resolvem criar um grupo em uma rede social para manterem contato. O laço formado nesse dia caótico acaba virando uma verdadeira amizade.

“É interessante perceber que, mesmo diante de todas as dificuldades, os jovens brasileiros, em sua maioria, são criativos, divertidos, éticos, solidários, tolerantes e amorosos. É sobre eles e suas manifestações de amor que vou falar”, entusiasma-se o autor Emanuel Jacobina.

AJUDA INESPERADA 
Rita contará com uma ajuda especial para se aproximar da filha: Filipe. Mesmo sendo da família adotiva da criança, o rapaz se sensibilizará com o drama da jovem e facilitará os encontros da mãe biológica com a pequena Nina. Assim, os dois acabarão se apaixonando e a batalha pela guarda se tornará ainda mais complicada.

“Não sei como o Filipe vai reagir, mas ele é um cara muito firme com a família, os coloca em primeiro lugar. Só que sente um amor descomunal (pela Rita). Então, o personagem vai entrar em conflito”, adianta Pedro Novaes. (Com informações de Estadão Conteúdo)

Guga (Pedro Alves), após conhecer Serginho (João Pedro Oliveira), enfrentará conflitos internos por causa de sua orientação sexual. Foto: Estevam Avellar/Globo
Guga (Pedro Alves), após conhecer Serginho (João Pedro Oliveira), enfrentará conflitos internos por causa de sua orientação sexual. Foto: Estevam Avellar/Globo


• QUEM É QUEM
Rita (Alanis Guillen) – Órfã de pai e mãe, ela parte em busca da filha ao descobrir que a criança está viva. É acolhida por Carla (Mariana Santos) e os filhos Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia) quando chega a Duque de Caxias para procurar a criança. Fará de tudo para recuperar a menina, criada por Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), e vai se descobrir apaixonada por Filipe (Pedro Novaes), o filho biológico dos pais adotivos de Nina.

Lígia (Paloma Duarte) – Médica ginecologista  bem-sucedida, Lígia é casada com Joaquim (Joaquim Lopes) e mãe de Filipe (Pedro Novaes). É sensata e lutará para não perder a guarda de Nina depois que Rita (Alanis Guillen), a mãe biológica, entrar com processo na Justiça para reavê-la.

Joaquim (Joaquim Lopes) – Médico veterinário, tem uma clínica próxima ao consultório da esposa. É sensível com os sentimentos dos outros, sobretudo os de Lígia. Tem um charme natural, o que atrai o interesse de outras mulheres e pode provocar uma tensão no casamento.

Filipe (Pedro Novaes) – Estudante de direito e surfista nas horas vagas, Filipe é um idealista com forte personalidade. Namora (Beatriz Damini), mas a paixão se esvaiu ao longo dos anos. Vai se apaixonar por Rita (Alanis Guillen).

Lara (Rosane Muholland) –  Uma advogada workaholic, ambiciosa e competitiva, que abre mão da ética para conseguir o que quer. No intuito de defender os interesses da família, mas com uma visão de mundo bem diferente da irmã Lígia, Lara vai dificultar muito a relação que se estabelecerá entre Rita e as pessoas que adotaram sua filha.

Carla (Mariana Santos) – É viúva e mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia). Acolhe Rita (Alanis Guillen) em sua casa. Dona de uma lanchonete, Carla tornou o estabelecimento o point da galera em Duque de Caxias. Se sente fechada para o amor e tem uma relação sem compromisso com Madureira (Henri Castelli). Desenvolve uma implicância com Marco Rodrigo (Julio Machado).

Raíssa (Dora de Assis) – Excelente aluna, Raíssa é uma menina criativa, inteligente, determinada e com uma ótima voz, o que desperta a inveja da amiga Nanda (Gabriella Mustafá). Amiga do rapper Camelo (Ronald Sotto), ela começa a se apresentar em eventos de rap e funk sem o conhecimento da mãe.

Thiago (Danilo Maia) – Menino trabalhador e responsável. Transmite seu bom astral para qualquer um que vá ao Baixadas, o point da galera. Respeita Carla, mas se sente incomodado com a falta de espaço para expor as suas vontades.

Anjinha (Caroline Dallarosa) – Foi criada pelo pai, o viúvo Marco Rodrigo (Julio Machado) e se apaixona por Cléber (Gabriel Santana). Atlética, é jogadora de futebol e luta muay thai. Tem conflitos com o seu jeito de ser.

Guga (Pedro Alves) – Filho de Mas (Roberto Bomtempo) e Regina (Karine Telles), vive uma vida confortável em Ipanema. Uma questão que nunca comentou com ninguém até conhecer Serginho (João Pedro Oliveira) o aflige internamente: sua orientação sexual. Antes disso, ele namorava Meg (Giulia Bertolli).

Jaqueline (Gabz) – Filha de Vânia (Olívia Araújo), empregada doméstica, e de César (Tato Gabus Mendes), um médico bem-sucedido que nunca a assumiu, ela sente o peso da injustiça por não ter recebido o amor do pai.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.