HBO A série dos superlativos: Game of Thrones inicia a oitava e última jornada neste domingo

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/04/2019 11:19 Atualizado em:

Foto: Divulgação/HBO (Foto: Divulgação/HBO)
Foto: Divulgação/HBO
A mais cara, a mais vista, a mais pirateada, a mais premiada... Game of thrones chega à sua oitava e última temporada, neste domingo, às 22h, em 186 países, pela HBO (que terá sinal aberto neste fim de semana), batendo todos os recordes. Promete ser uma apoteose, repleta de surpresas, para alegria e tristeza de milhões de fãs da produção, uma fantasia medieval que conquistou o grande público, e não apenas os “geeks”. Quem vai reinar no território imaginário de Westeros, cenário da série? As apostas já começaram, afirma Rupert Adams, da casa de apostas britânica William Hill, e o silencioso Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) aparece no momento como o favorito, à frente dos mais glamorosos Jon Snow (Kit Harington) e Daenerys Targaryen (Emilia Clarke). 

Há meses, fãs discutem o fim da série, a mais ambiciosa da história, com uma última temporada que custou 15 milhões de dólares por episódio, segundo a revista Variety. Os 67 episódios já exibidos desde 2011, e também os livros de George R. R. Martin (As crônicas de gelo e fogo) que foram a base de Game of thrones, abriram aos fãs um universo quase ilimitado. GoT já venceu 47 prêmios Emmy, o principal da TV americana, o recorde para uma série. 

Sombria, com uma complexidade incomum, violenta, medieval, a série não apresentava o perfil típico de um sucesso de grande público, mas sua aspiração épica e a profunda dimensão humana seduziram. “O arco da história é tão vasto que pode agradar vários tipos de telespectadores”, observa Lisa Woolfork, professora de Literatura da Universidade da Virginia, que oferece curso sobre GoT. “A intriga política, o drama familiar, a ficção histórica, as espadas e a feitiçaria, todos os estilos estão representados.” A série também “é um incrível comentário sobre o mundo moderno, apesar de uma fantasia”, ressalta Valerie Garver, professora de História Medieval na Universidade de Northern Illinois. Ela cita a famosa e recorrente frase “Winter is coming” (“O inverno está chegando”), que prevê uma temperatura glacial em breve, mas que talvez também pode ser considerada um presságio para o fim do mundo, e na qual George R.R. Martin reconheceu um possível aceno alegórico para a emergência da mudança climática. O tema é um elemento central da última temporada, com a ameaça do “Rei da Noite” e seu exército de zumbis.

A paixão por GoT não acabará em 19 de maio, data de exibição do último episódio. Assim como com Star wars, Harry Potter, O senhor dos anéis, entre outras, a comunidade de fãs seguirá existindo. O sexto livro de Martin, muito aguardado, deve atiçar a chama, assim como uma próxima série, uma “prequel”, situada antes do início da história de GoT. 

TV antes do livro

A saga imaginada há mais de 20 anos por George R.R. Martin está prestes a terminar. Mas, fato inédito na história da literatura, o autor descobrirá na TV o final de sua história antes de tê-la escrito em seus livros. “Claro que eu teria gostado de terminar esses livros antes para que a série não se adiantasse. Eu não previ isso”, lamenta o autor. No início da exibição da adaptação televisiva em 2011, o autor tinha publicado quatro dos sete romances que compõem a série. O quinto volume saiu em julho de 2011, mas os fãs ainda aguardam os dois últimos, cuja data de publicação é desconhecida.

Quando JK Rowling vendeu os direitos de Harry Potter, sua saga ainda não havia sido concluída, mas, ao contrário de George Martin, a escritora britânica foi capaz escrever o desenlace antes de vê-lo na tela. É verdade que Martin, de 70 anos, forneceu algum tempo atrás os elementos necessários para que os criadores da série, David Benioff e Daniel Weiss, levassem o enredo até o fim. Mas nada garante que a série terminará como o escritor imaginou. Segundo especialistas, o escritor não precisa escolher o caminho marcado pela televisão para os dois volumes que restam e, de fato, há muitas possibilidades que ele escolha se distanciar. “É o fim para muitas pessoas, mas não é para mim”, diz Martin. (AFP)

Audiência

GoT se tornou a série mais vista da HBO em 2014, desbancando Família Soprano. O episódio final da temporada 7 foi visto ao vivo por 16,5 milhões de fãs nos EUA, recorde absoluto para uma série de TV. Sobre pirataria, são estimadas em mais de 1 bilhão de visualizações ilegais para a temporada 7.

Orçamento 

A temporada 8 é a mais cara da história das séries: US$ 90 milhões para os seis episódios. Sobre o cachê dos atores, os cinco principais ganham mais de US$ 1,1 milhão por capítulo. O episódio-piloto custou quase 10 milhões.  Um investimento de muito retorno: arrecada 1 bilhão de dólares anuais à HBO.

Top secret

Após o vazamento de quatro episódios da quinta temporada antes de ir ao ar, a emissora foi precavida. Seus dois criadores gravaram várias versões finais para evitar vazamentos, uma técnica já usada para Família Soprano e Breaking bad. Na gravação, foi ativado um dispositivo antidrones.

Auge do turismo

Com 30 locações no mundo, a saga disparou o turismo por onde passou - caso da Irlanda do Norte, da Islândia, ou das cidades espanholas de Osuna e Gerona, com circuitos dedicados à série. Já Dubrovnik, na Croácia, que representa a capital fictícia Desembarco do Rei, limitou as visitas.

Modas

Os nomes já inspiraram muitos pais. Arya está no top 20 dos mais populares (343 nascimentos em 2017 e inclusive em nome para pets) na Inglaterra e em Gales. Nos EUA, em 2017, nasceram 466 meninas com o nomes Khaleesi (“rainha”), título de um dos personagens principais.

Fãs presidenciais 

O ex-presidente dos EUA Barack Obama, fã da série, pediu para ver a pré-estreia da sexta temporada, apesar de a HBO ter proibido qualquer difusão antecipada. Em várias ocasiões, pelo Twitter, Donald Trump fez referência ao emblemático lema da família Stark “Winter is coming”.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.