• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Só Dá Tu: Dez versões do brega para hits mundiais que grudam na cabeça Lady Gaga, Miley Cyrus, Calvin Harris, Sia e Justin Bieber são 'alvo' de releituras

Por: Marina Simões - Diario de Pernambuco

Publicado em: 06/09/2017 17:05 Atualizado em: 06/09/2017 22:43

Música de Lady Gaga, Bebe Raxha e Sia nas versões de Musa, A Favorita e Loira Marrenta. Fotos: Facebook/Reprodução
Música de Lady Gaga, Bebe Raxha e Sia nas versões de Musa, A Favorita e Loira Marrenta. Fotos: Facebook/Reprodução

O brega pernambucano Só dá tu, da banda A favorita, inspirada em I got you, de Babe Raxha, viralizou com o desafio de dança e tem conquistado anônimos e famosos nas redes sociais. Mas a habilidade de transformar melodias de hits internacionais em brega não é inédita no mercado local. Vez ou outra, as artistas modificam melodias e letras das músicas originais para criar versões com suingue, sotaque e refrões "chicletes". O Viver listou dez faixas inspiradas em canções de Lady Gaga, Miley Cyrus, Calvin Harris, Bruno Mars e outros artistas. (Veja a lista abaixo)
 
Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A própria A Favorita, por exemplo, é conhecida por faixas como Eu nunca te traí, baseada em We can’t stop, de Miley Cyrus, e Foi logo amor, inspirada em How deep is your love, de Calvin Harris. "Primeiro mudo a base da música para o brega e faço a letra em cima. Depois, pego uma palavra mais forte que encaixa na melodia e, a partir daí, vou puxando a história. Nem imagino o que seja a tradução", explica o compositor Elvis Pires, produtor musical das bandas Musa, Loira Marrenta e A Favorita e responsável por várias releituras. 

A cantora Carlinha Alves fez uma versão para a dançante Cheap thrills, da cantora Sia. A música virou Da minha mente não sai e entrou no novo repertório da Loira Marrenta. A banda Musa também lançou o single Mexeu comigo, inspirado em Million reasons, de Lady Gaga. A letra reflexiva da versão original se transforma em versos românticos com a participação de Ciel Rodrigues. "Se é amor não sei, mas arrancou o meu sorriso/ É amor não sei, mas me levou ao paraíso/ Vem cá, me amar/Vou te beijar, fazer amor/E se tudo isso vai durar, eu não sei", diz o refrão. 

Aproveitando o alcance mundial de Despacito, faixa de Luis Fonsi e Daddy Yanke, a banda Sedutora traz a versão pernambucana Necessito, composição de Jorginho Silva. A música ganhou clipe estrelado pela vocalista Eduarda Alves. "Necessito que você me faça chegar ao delírio. Quero que me fale coisas no ouvido, deixo você fazer o que quiser comigo. Necessito que você descubra tudo o que eu sinto. Porque o meu corpo é um labirinto. Quero que me dê tudo o que eu preciso", diz um trecho. Das mais antigas, a banda Torpedo fez Estou te amando, com melodia de Unconditionally, de Katy Perry. Até o final deste mês, a cantora Tayara Andreza, ex-vocalista da Torpedo, vai lançar música inédita inspirada em Love yourself, um dos hits da turnê Purpose, de Justin Bieber. 

Ouça dez versões de brega para hits mundiais:

1- Só dá tu, da A Favorita, tem melodia de I got you, de Babe Raxha 




2- Da minha mente não sai, tem melodia de Cheap thrills, da cantora Sia



3- Mexeu comigo, da Musa, tem melodia de  Million reasons, de Lady Gaga




4- Foi logo amor, da A Favorita, tem melodia de How deep is your love, de Calvin Harris



5- Necessito, da Sedutora, tem melodia de Despacito, de Luis Fonsi. 



6- A banda Torpedo, Estou te amando, tem a melodia de Unconditionally, de Katy Perry 



7- Não me faça chorar, da Musa, tem a melodia de When I was your man, de Bruno Mars




8- Eu nunca te traí, de A Favorita, tem a melodia de We can't stop, de Miley Cyrus




9- Bateu a química, da Sedutora, tem a melodia de Wrecking ball, de Miley Cyrus




10- Nada sou, de Bateu a química, tem a melodia de Let it go, do filme Frozen




Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.