• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Cinema Lily Collins enfrenta anorexia no trailer de To the Bone, da Netflix. Assista Atriz, que lutou contra a doença, afirmou que o filme uso um "senso de humor" estranho para contar a história da personagem

Publicado em: 21/06/2017 09:24 Atualizado em: 21/06/2017 09:38

Personagem Elle, de 20 anos, descobre método alternativo que muda seu rumo. Foto: Netflix/Divulgação
Personagem Elle, de 20 anos, descobre método alternativo que muda seu rumo. Foto: Netflix/Divulgação

A atriz Lily Collins vive uma jovem que luta contra a anorexia no filme To the bone, previsto para estrear na Netflix no dia 14 de julho. O longa-metragem, que foi exibido no Sundance Film Festival neste ano, teve o trailer divulgado pela plataforma de streaming. Quem assina o roteiro é Marti Noxon, que escreveu o enredo baseado nas experiências pessoais com a doença. "O que eu estou tentando fazer é trazer entendimento e compaixão para uma questão que atinge muito mais pessoas do que nós imaginamos", disse ele à revista Entertainment weekly. 

A produção narra a história de Ellen (Lily Collins), que, aos 20 anos de idade, já passou por diversas reabilitações para enfrentar a anorexia e se vê sendo enviada pela madastra, interpretada por Carrie Preston, para um novo tratamento. Apesar de acreditar ser apenas mais uma tentativa frustrada, a jovem descobre métodos não tradicionais que a surpreendem. A nova fase na vida de Ellen é liderada pelo personagem de Keanu Reeves. A própria atriz já sofreu do problema e comentou, em entrevista ao The Hollywood reporter, sobre como foi reviver a situação. 

"Acho que o jeito com que o filme foi escrito e contado é uma maneira que só pode ser contada por alguém que realmente tenha passado por isso, porque há um senso de humor estranho usado por nós… o que faz com que não seja tão pesada, na falta de outra palavra", disse ela. De acordo com Noxon, a intenção do filme é fazer com que mais pessoas falem sobre o problema. "E eu quero que mais pessoas falem sobre como a comida e a imagem corporal afeta homens e mulheres e nos impede de amar o momento em que estamos vivendo", afirmou. 

Assista ao trailer de To the bone:


Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.