Vídeo Ludmilla faz sátira de Meninas Malvadas no clipe Cheguei Funckeira encarna a personagem Regina George ao lado da drag queen Lia Clark e das youtubers Maíra Medeiros e Gabbie Fadel

Por: Estado de Minas

Publicado em: 04/05/2017 15:41 Atualizado em: 04/05/2017 16:35

Vídeo tem participações da drag queen Lia Clark e das youtubers Maíra Medeiros e Gabbie Fadel
Vídeo tem participações da drag queen Lia Clark e das youtubers Maíra Medeiros e Gabbie Fadel


Ludmilla chegou, chegando. A frase faz parte do novo single da funkeira, Cheguei, que ganhou vídeo superproduzido na última quarta-feira (3), com participação da drag queen Lia Clark e das youtubers Maíra Medeiros e Gabbie Fadel. No vídeo, ela encarna a personagem Regina George, do filme Meninas malvadas (2004). Na versão original, Regina, interpretada pela atriz Rachel McAdams, é descrita como a "abelha-rainha" de uma escola de ensino médio nos Estados Unidos.

Confira o roteiro de shows no Divirta-se
 

Os primeiros minutos do vídeo fazem uma referência direta ao filme, nas cenas em que a personagem é apresentada ao público. "A Ludmilla é a garota mais popular do colégio", "Ela é a abelha-rainha, as outras duas formam o bonde", "A Ludmilla é perfeita!", "Ela até conhece a Rihanna" são algumas frases que fazem uma sátira do filme. O clipe foi lançado no dia em que Meninas malvadas completa 13 anos de seu lançamento. A música faz parte de seu segundo disco de estúdio, A danada sou eu, lançado em 2016, que contém o primeiro single Sou eu. 

No início do ano, Ludmilla participou de um clipe do grupo de pagode Molejo, para a música Fofoca é lixo, primeira do novo álbum Molejo club. Camila Pitanga, Paolla Oliveira, Ludmilla e Reynaldo Gianecchini também estão no vídeo, para o qual foram chamados mais de 30 famosos. A letra reclama de manchetes sensacionalistas sobre celebridades, como "Marcelo Camello e Mallu Magalhães andam de ônibus no Rio", "Claudia Abreu faz as unhas antes de voo" e "Caetano Veloso estaciona carro no Leblon".

Assista ao clipe de Cheguei:  



Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.