• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Humor Youtuber nordestino Whindersson Nunes lança DVD de graça na internet Aos 21 anos, ele é dono do canal mais seguido e do vídeo mais visto do ano no YouTube

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/12/2016 21:17 Atualizado em: 21/12/2016 21:26

Projeto foi gravado durante apresentação em Salvador, realizada em novembro. Foto: YouTube/Reprodução
Projeto foi gravado durante apresentação em Salvador, realizada em novembro. Foto: YouTube/Reprodução


Cria da internet, o youtuber piauiense Whindersson Nunes lançou o primeiro DVD da carreira de graça no YouTube. Marminino foi gravado em Salvador, em novembro, durante apresentação de stand up comedy para 5 mil pessoas na Concha Acústica do TCA. O vídeo, de pouco mais de uma hora, começa com imagens do artista pelas ruas da capital baiana, com direção de Diego Pignataro, produção de Juliana Castro e direção de fotografia de Arnaldo Mesquita.

Nordestino Whindersson Nunes faz "paródia educativa" com Ivete e Luan Santana

"VIDEO NOVOO! MEU SHOW COMPLETO!! A todos aqueles que nunca puderam ir, ai esta! Deixe sua CURTIDA aqui ta? Marca seu amigo pra dar muita risada por mais de uma hora!!", anunciou. Logo no início da apresentação, ele fala sobre o preconceito contra nordestinos. "Acha que só tem sol e calor". "Tu sente calor, tu não é do Nordeste não?", ironiza ele, sobre perguntas ouvidas durante as viagens realizadas depois do sucesso alcançado com os vídeos na internet.

Aos 21 anos, Whindersson desfrutou de várias conquistas em 2016. Ele é dono atualmente o canal mais acompanhado do YouTube, com 15,9 milhões de seguidores, após superar o Porta dos Fundos, com 12,8 milhões. Ele é também o autor do vídeo mais visto do ano na plataforma. Criança de rico e criança de pobre foi lançado em 9 de junho e tem mais de 28 milhões de visualizações. 

Assista ao DVD:



Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.