Luto Morre mãe de Mano Brown, inspiração para os Racionais Mencionada em várias músicas do grupo de rap, Dona Ana Soares estava internada em São Paulo

Por: Ângela Faria

Publicado em: 20/12/2016 11:05 Atualizado em:

Mano Brown sempre ressaltou o quanto a mãe foi guerreira. Foto: Instagram/Reprodução
Mano Brown sempre ressaltou o quanto a mãe foi guerreira. Foto: Instagram/Reprodução


Ana Soares, mãe do rapper Mano Brown, do grupo Racionais MCs, morreu na segunda-feira (19), em São Paulo. Ela inspirou para várias letras que fizeram a fama do filho único, como Negro drama e Jesus chorou.
 
Na primeira, ele fala de Ana, mãe solteira, e do bebê que acabara de ter: "Uma negra/ E uma criança nos braços/ Solitária na floresta/ De concreto e aço". Em Jesus chorou, a mãe o aconselha: "Paulo, acorda!/ Pensa no futuro, que isso é ilusão/ Os próprio preto não tá nem aí com isso, não./ Ó o tanto que eu sofri, o que eu sou, o que eu fui./ A inveja mata um/ Tem muita gente ruim".

Há alguns anos, Ana Soares teve um acidente vascular cerebral (AVC) e apresentava saúde frágil. Ela estava internada em um hospital paulistano e a causa da morte não foi divulgada pela família. Nas redes sociais, o grupo Racionais MC's solidarizou-se com Brown, assim como os fãs.

Em agosto, durante show em Minas Gerais, o rapper homenageou a mãe. Já era madrugada do Dia dos Pais quando Brown, por várias vezes, conversou com o público. Disse aos jovens que nem sequer conheceu o pai. Contou que a mãe sempre foi guerreira e o criou sozinha, trabalhando em casas de família para sustentá-lo. Aconselhou os fãs a terem responsabilidade, parabenizou "os pais de verdade" e advertiu adolescentes para a responsabilidade de cuidar de uma criança.

Nascida no interior da Bahia, Ana migrou para São Paulo e, segundo Brown revelou em recente entrevista, engravidou de um italiano. Nascido em 1970, o músico paulistano foi criado na região do Capão Redondo, no Sul da capital paulista. Extremamente apegado à mãe, o músico fez show em Salvador no domingo (18) e voltou logo depois para São Paulo devido ao estado de saúde de dona Ana.

Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.