Educação Estudantes da Escola Municipal Octávio de Meira Lins representam o Recife em Nova York

Publicado em: 14/06/2019 17:32 Atualizado em: 16/06/2019 12:15

Estudantes e professora vão à cidade para participar da Genius Olympiad. Foto: Arquivo Pessoal.
Estudantes e professora vão à cidade para participar da Genius Olympiad. Foto: Arquivo Pessoal.
Estudantes da Escola Municipal Octávio de Meira Lins, localizada no Vasco da Gama, Zona Norte do Recife, embarcam neste domingo (16), às 14h, para os Estados Unidos, onde representam a rede municipal de ensino do Recife na Genius Olympiad, competição internacional de projetos do ensino médio sobre questões ambientais que acontece em Nova York. As alunas do nono ano, Thays Coelho, 13; Rayane de Freitas, 15, e Jessica de Santana, 15, conquistaram a vaga na Mostra Científica Latinoamericana, realizado no Peru, em 2018.

Na primeira viagem a Nova York, as alunas irão apresentar o trabalho "A questão da fome: de Josué de Castro à segurança alimentar e nutricional". A pesquisa trata da questão da fome relacionada à carência alimentar e nutricional na comunidade do Alto Nossa Senhora de Fátima, onde as meninas vivem. Moradores da localidade participaram de uma avaliação qualitativa sobree alimentação.

Está será a primeira vez que uma equipe da rede municipal do Recife vai a Nova York. Foto: Anamaria Nascimento/DP.
Está será a primeira vez que uma equipe da rede municipal do Recife vai a Nova York. Foto: Anamaria Nascimento/DP.
Thays Coelho trocou uma escola particular pela rede pública em 2016. O que gerava incertezas, abriu um mundo de possibilidades para a estudante, que, desde então, apresentou o trabalho na Feira de Conhecimentos da rede municipal, em 2018, e foi para o Peru. Agora, está de malas prontas para compartilhar as pesquisas com estudantes de todo o mundo em Nova York. “Sempre gostei de estudar. Tenho a sorte de ser apoiada por minha mãe e minha irmã nos estudos”, disse.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.