SÃO JOÃO Festas juninas de Petrolina contam com trabalho de reeducandos

Publicado em: 14/06/2019 15:48 Atualizado em: 14/06/2019 16:51

Apenados dedicam-se, principalmente, à limpeza e varrição. Foto: Divulgação
Apenados dedicam-se, principalmente, à limpeza e varrição. Foto: Divulgação
Um dos principais polos de animação de Petrolina, o Pátio de Eventos Ana das Carrancas conta com o auxílio de reeducandos do regime aberto em trabalhos de limpeza e infraestrutura no local. O grupo realizou a limpeza, capinação, pintura e obras de drenagem, e, durante o evento, que segue até 30 de junho, fazem a varrição da área.

"As parcerias que visam à empregabilidade dos egressos do sistema prisional têm o intuito de reinserir os ex-detentos à sociedade e ao mercado de trabalho, além de diminuir a reincidência criminal no estado", afirma o superintendente do Patronato Penitenciário, Josafá Reis.

A inclusão dos apenados na equipe de trabalho do São João de Petrolina deve-se à parceria entre a prefeitura e o Patronato Penitenciário, órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que disponibilizou pessoas com experiência nas atividades solicitadas.

Caruaru

Assim como em Petrolina, a abertura do São João de Caruaru contou com o apoio de reeducandos acompanhados pelo Patronato Penitenciário. Eles executaram serviços de limpeza dos equipamentos culturais, como o museu do Barro; a Casa da Cultura, que fica no meio da Feira de Artesanato; e o Memorial da Cidade, no Centro.

O grupo também realizou serviços gerais na Estação Ferroviária; reativação dos banheiros que darão apoio à festa; e demarcação dos estacionamentos no Pátio do Forró.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.