GREVE GERAL Sindicato dos Rodoviários diz que não participou de atos desta manhã

Publicado em: 14/06/2019 10:36 Atualizado em: 14/06/2019 10:52

Foto: Leandro de Santana/Esp.DP.
Foto: Leandro de Santana/Esp.DP.
O Sindicato dos Rodoviários do Recife e RMR informou, na manhã desta sexta-feira (14), que não participou de atos pontuais que ocorreram hoje em frente a algumas garagens de ônibus. A oposição da categoria, no entanto, afirma que esse posicionamento do sindicato não representa os anseios da categoria, que deve se somar ao movimento trabalhista “dentro das limitações”. Um esquema de contingenciamento do Grande Recife Consórcio de Transporte foi organizado de acordo com posição oficial do sindicato, mas alguns ônibus deixaram de circular nesta manhã.  

"O sindicato informa que, até o presente momento, não há indicativo de paralisação da categoria dos rodoviários durante o dia de hoje. O sindicato continua dialogando, com responsabilidade, com toda a categoria dos trabalhadores rodoviários e reafirma o apoio ao movimento das Centrais Sindicais neste dia 14 de Junho e que é radicalmente contra a reforma da Previdência, por conta dos diversos pontos que prejudicam a categoria dos rodoviários", pontuou a entidade, por nota.

“A Confederação Nacional dos Transportes aprovou a adesão das categorias do setor à greve porque a pauta é nacional. Sindicatos de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará estão apoiando a Greve Geral e vão parar. E o sindicato não tem representado os nossos desejos, passando por cima das decisões dos trabalhadores. Essa paralisação desta sexta já tem sido organizada há mais de um mês porque é contra a proposta da Reforma da Previdência, que vai pauperizar mais ainda nossas condições de trabalho. Isso não é um protesto de campanha salarial”, afirmou Aldo Lima, um dos líderes da oposição dos rodoviários.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.