Arquipélago Mutirão oferece consultas oftalmológicas em Fernando de Noronha

Publicado em: 10/06/2019 12:19 Atualizado em: 10/06/2019 12:47

Projeto Boa Visão leva consultas oftalmológicas para estudantes de Fernando de Noronha. Foto: Miva Filho /Divulgação  (Foto: Miva Filho /Projeto Boa Visão /Divulgação )
Projeto Boa Visão leva consultas oftalmológicas para estudantes de Fernando de Noronha. Foto: Miva Filho /Divulgação
O Projeto Boa Visão, que oferta consultas oftalmológicas para alunos e funcionários da rede estadual de saúde, fará mutirão de atendimento no arquipélago de Fernando de Noronha, dando inicio ás atividades nesta segunda (10) e sexta (14). A ação beneficiará estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) da ilha. A iniciativa, do Governo de Pernambuco, por meio das secretarias estaduais de Saúde (SES-PE) e Educação (SEE), foi criada por meio de projeto de lei e, desde 2013, já atendeu mais de 107 mil pernambucanos. Óculos são cedidos gratuitamente para os alunos a partir da indicação médica.

O Projeto Boa Visão é um programa do Governo de Pernambuco criado a partir da Lei nº 14.511 de 07 de Dezembro de 2011. Desde o início do Projeto, já foram realizadas mais de 107 mil consultas oftalmológicas e entregues mais de 68 mil óculos corretivos. De rotina, as consultas oftalmológicas são realizadas nas Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAE) de Limoeiro, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Petrolina, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada. Além disso, são realizados, periodicamente, mutirões para ampliar o público beneficiado.

Projeto Boa Visão atende cerca de 40 pessoas por dia. Foto: Miva Filho /Divulgação  (Foto: Miva Filho /Projeto Boa Visão /Divulgação )
Projeto Boa Visão atende cerca de 40 pessoas por dia. Foto: Miva Filho /Divulgação
O mutirão em Fernando de Noronha está sendo realizado em parceria com a Administração Geral do arquipélago, por meio da Superintendência de Saúde. Por dia, o oftalmologista responsável fará o atendimento cerca de 40 pessoas. O Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe) levará amostra de óculos para que os estudantes com indicação já escolham sua armação. As lentes serão produzidas no laboratório, no Recife, e serão cedidas gratuitamente para os estudantes.

Entre os dias 3 a 7 de junho, mais de 440 alunos passaram por uma triagem prévia. Os casos suspeitos foram referenciados para o atendimento oftalmológico. O Boa Visão busca dar mais qualidade de vida e melhorar o rendimento escolar aos nossos estudantes da rede estadual. A partir do atendimento oftalmológico, é verificado se o paciente precisa utilizar óculos ou necessita de algum exame ou tratamento. Em 2013, foi realizado mutirão no arquipélago com 127 atendimentos e 96 óculos prescritos."Ajudamos em toda a linha de cuidado para que o aluno possa desenvolver plenamente suas habilidades e ajudando a evitar a evasão escolar", explica a diretora geral de Políticas Estratégicas da SES-PE, Mayra Ramos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.