Assistência Prefeitura anuncia criação de restaurantes populares e abrigos noturnos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 05/06/2019 07:38 Atualizado em:

Foto: Teresa Maia/Arquivo DP. (Foto: Teresa Maia/Arquivo DP.)
Foto: Teresa Maia/Arquivo DP.
Uma ação de assistência à população e apoio à geração de renda foi lançada nesta terça (4), pela Prefeitura do Recife. O programa Chegando Junto é uma iniciativa que soma 10 projetos, em diferentes áreas, que começarão a ser oferecidos no fim deste ano. Entre os investimentos, estão abertura de três restaurantes populares, a construção de abrigo noturno e cursos de empreendedorismo.

Em parceria uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e a iniciativa privada, serão abertos três restaurantes para que pessoas em situação de pobreza possam fazer ao menos três refeições diárias. Segundo a Prefeitura, o parceiro privado pode ainda comercializar mais refeições a custo popular.

Também será entregue até o início do próximo ano um dormitório com 200 vagas destinadas aos moradores de rua. O abrigo será construído na na Travessa do Gusmão, no bairro de São José. Segundo a Secretaria responsável, a escolha dos locais e o formato da iniciativa foram indicados de acordo com as inspeções sobre a população de rua do Recife. Ainda com foco na população mais vulnerável, serão oferecidas oficinas pedagógicas e artísticas para crianças, adolescentes e jovens, no contraturno escolar, por meio de instrutores de comunidades carentes.

Mutirões de saúde serão intensificados por meio de Secretaria de Saúde para reduzir filas de espera e o atendimento nas áreas da cidade onde não há cobertura das Unidades de Saúde da Família (USFs). O primeiro deles será realizado nos próximos dois sábados, 8 e 15 de junho, com 1.600 consultas e exames ortopédicos.

Diante da desarticulação de programas do governo federal, como o Minha Casa Minha Vida, a gestão também desenvolveu projetos na área de habitação popular, um deles é o Parceria na Sua Casa. A iniciativa tem por base uma lei aprovado por Geraldo Julio em 2016, cujo objetivo é auxiliar moradores em pequenas reformas de até R$ 5 mil. A Secretaria de Habitação também promoverá, diante dos cortes no Minha Casa, Minha Vida, projeto de Autoconstrução, em que fornecerá material e assistência técnica para que o recifense que não tem onde morar construa sua própria casa.

Através da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo serão oferecidos minicursos de empreendedorismo de manicure, pedicure, corte de cabelo na máquina, mecânico de bicicleta, entre outros. Após o curso, a pessoa recebe um kit de material (ferramentas, máquina de cabelo, etc) para já começar a ganhar sua renda.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.