SÃO JOÃO Sétima edição do concurso Eu Amo Minha Rua é lançada

Publicado em: 31/05/2019 16:12 Atualizado em: 31/05/2019 16:12

Foto: Maurício Ferry/Divulgação.
Foto: Maurício Ferry/Divulgação.
A sétima edição do concurso Eu Amo Minha Rua, realizado pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife. A competição cultural vai premiar as três ruas mais bem decoradas da cidade. As inscrições são gratuitas e estarão abertas a partir desta sexta-feira (31), com encerramento no dia 17 de junho, pelo site da competição.

O primeiro lugar será premiado com um arraial completo, com o show de uma banda e um trio de forró pé de serra. Para o segundo e terceiro colocados, o prêmio será de um arraial cada um, com direito a um trio de forró pé de serra. As festas serão abertas ao público, sem custo para a comunidade.

O concurso tem três etapas de eliminação. Tanto na primeira, em que serão escolhidas as 10 ruas semifinalistas, quanto na segunda, em que serão eleitas as cinco finalistas, os espaços com as melhores ambientações juninas serão definidos por meio de decisão da comissão julgadora.

A última etapa da competição será definida por votação popular, que irá acontecer entre os dias 20 e 24 de junho e premiará as três vencedoras. A rua com maior pontuação de votos será a grande vencedora. Os critérios de avaliação serão criatividade, beleza, harmonia e a mensagem com valor social passada.

Para participar, é necessário acessar o site e ler o regulamento. No ato de inscrição, será necessário fazer o upload de cinco a dez fotos da rua decorada. O concurso cultural tem como principal objetivo selecionar as ruas mais bem decoradas para o São João, promovendo a participação social e resgatando esse costume antigo de decorar as ruas e casas no mês junino. Somente ruas localizadas no Recife podem participar.

Em 2018, 119 endereços foram inscritos. A grande vencedora foi a Rua Jornalista José Campelo Junior, no Fundão; seguida da Rua Vertentes dos Lírios, na Várzea, e da Rua Tupiniquins, em Santo Amaro. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.