Manifestação Ato no Recife é encerrado com shows no centro da cidade

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 30/05/2019 22:00 Atualizado em:

Foto: Tarciso Augusto / Esp. DP Foto (Foto: Tarciso Augusto / Esp. DP Foto)
Foto: Tarciso Augusto / Esp. DP Foto
Após duas horas de caminhada pelas principais avenidas da área central da capital pernambucana, a manifestação contra o contingenciamento de recursos da área de educação foi encerrada com shows de artistas locais.

Os organizadores do ato comunicaram que 70 mil pessoas foram às ruas na tarde desta quinta-feira (30).

A Polícia Militar não informou sua estimativa de público. A mobilização, embora expressiva, foi visivelmente menor do que o protesto realizado no dia 15.

Além de atacar os cortes promovidos pelo Ministério da Educação, o ato serviu para pedir a liberdade do ex-presidente Lula, preso em Curitiba há mais de um ano.
Um trio elétrico reproduzia a várias vezes discursos da maior estrela petista.

"Não podemos nos esquecer que o maior líder político vivo da história brasileira está preso injustamente. A esquerda precisa denunciar isso todos os dias", declarou a estudante universitária Michele Barbosa, 27.

A manifestação reuniu representantes de diversos partidos de esquerda, incluindo PT, PSOL, PCdoB, PSB e PDT.

Durante o trajeto, uma cobradora de um ônibus que ficou preso no congestionamento chegou a descer do veículo para apoiar a manifestação.

Na Avenida Conde da Boa Vista, uma das principais vias do centro, moradores acenavam das varandas dos prédios. Houve também quem exibisse bandeiras do Brasil em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.