Infraestrutura Plano de Desenvolvimento Urbano da RMR tem resolução aprovada

Publicado em: 29/05/2019 11:25 Atualizado em: 29/05/2019 11:30


Governador assinou o documento aprovando diretrizes para a construção do plano que vai integrar os municípios da Região Metropolitana do Recife. Crédito: Heudes Regis/SEI
Governador assinou o documento aprovando diretrizes para a construção do plano que vai integrar os municípios da Região Metropolitana do Recife. Crédito: Heudes Regis/SEI

O governador Paulo Câmara comandou, ontem, a reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano (CDM).O encontro teve como objetivo a articulação para a elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana do Recife – PDUI-RMR. Segundo determinação da Lei Federal 13.089/2015, o plano é um instrumento que visa a estabelecer as diretrizes para o desenvolvimento territorial estratégico e os projetos estruturantes da região metropolitana e da aglomeração urbana.

Após assinar a resolução 001/2019, que aprova os termos, recomendações e diretrizes para elaboração do PDUI-RMR, Paulo Câmara ressaltou a importância da participação e do comprometimento na construção do documento, que pretende melhorar a qualidade de vida de quem mora nesses municípios. “O intuito dessa reunião de hoje é darmos início as ações do PDUI. É importante fazermos isso de forma ordenada, pensando no desenvolvimento efetivo das cidades e no futuro que a gente quer nessa área tão adensada que é a Região Metropolitana. Esse trabalho tem um caráter participativo", afirmou.

De acordo com o governador, os eixos do plano estão definidos e são necessários, a exemplo do ordenamento, mobilidade e saneamento. "A melhoria desses serviços é essencial para que haja o desenvolvimento. A gente quer ter condições de melhorar a vida nas cidades”, acrescentou, lembrando que os municípios da RMR praticamente não têm divisas, por isso considera a articulação entre eles fundamental.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, foi o responsável pela abertura da reunião. “O encontro de hoje permite que a gente faça uma prestação de contas, uma apresentação sobre o atual estágio de desenvolvimento de todas as etapas de implantação do sistema gestor metropolitano, e também para propor o início e o cronograma de realização das audiências referentes ao desenvolvimento do Plano Integrado, para validação deste conselho”, explicou.

A diretora-presidente da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco CONDEPE-FIDEM, Sheilla Pincovsky, que coordenará o trabalho, apresentou o cronograma e indicou o município que sediará a próxima ação. “A ideia é que a gente avance nisso até dezembro, quando teremos um grande seminário de validação e de divulgação do que foi desenvolvido ao longo do período todo. Dentro do que temos que realizar agora, a próxima etapa serão as audiências municipais, que devem começar na primeira quinzena de junho, em Moreno, e a partir daí a gente espera fazer outras intensivamente”, disse.

Além disso, o grupo prevê realizações de seminários temáticos, por eixo, e audiências regionais, sendo uma na Região Metropolitana Norte, outra na Sul e uma no Centro. Segundo Sheilla, o prazo para fechamento do documento é no final de novembro. Além do secretário Marcelo Bruto e da diretora-presidente do CONDEPE-FIDEM, participaram da solenidade os secretários Nilton Mota (Casa Civil), Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão), José Bertotti (Meio Ambiente e Sustentabilidade) e a procuradora-adjunta do Estado, Giovana Ferreira.

Também estiveram presentes os prefeitos Geraldo Julio (Recife), Vavá Rufino (Moreno), Joamy Alves (Araçoiaba), Júnior Matuto (Paulista), Marcos José (Abreu e Lima); o secretário municipal César Vasconcelos, representando o prefeito Mário Ricardo (Igarassu); a diretora de projetos especiais Terezinha Uchôa, representante da prefeita Célia Salles (Ipojuca); Yaritan Ribeiro, secretário de Planejamento de Itapissuma, que representou Zé de Irmã Teca; e o secretário de Governo e Planejamento de São Lourenço da Mata, Felipe Lemos, representando o prefeito Bruno Pereira.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.