Gripe Postos em igrejas, mercados e terminais de ônibus reforçam campanha de vacinação

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/05/2019 10:29 Atualizado em:

Foto: Paulo Paiva/DP Foto. (Foto: Paulo Paiva/DP Foto.)
Foto: Paulo Paiva/DP Foto.

Mais de 50 postos fixos e volantes serão instalados pela Prefeitura do Recife para vacinação contra gripe em diferentes pontos da cidade, neste sábado (25). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), cerca de 100 mil recifenses ainda precisam se vacinar. No domingo (26), no encerramento da 5ª Semana do Bebê, durante o Recife Antigo de Coração, também será montado um posto para vacinação contra influenza.

Neste fim de semana, os postos fixos funcionarão das 8h às 17h. A maioria dos postos volantes também terão mesmo horário de funcionamento, exceto a Igreja Batista da Rua Imperial e o posto no Ceasa, que estarão abertos das 8h às 13h; além do Mercado de São José e Terminal da Macaxeira, que encerrarão as atividades às 16h.

A lista dos postos que funcionarão neste sábado está disponível no Portal da Prefeitura do Recife, assim como a relação das 170 unidades de saúde que disponibilizam vacina durante a semana e das unidades que estão abrindo em horário alternativo (até às 21h). A Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, por exemplo, continua disponibilizando vacina contra influenza de segunda a sexta-feira, até às 21h.

Outra estratégia adotada por algumas unidades do Recife, como por exemplo a Policlínica Albert Sabin, na Tamarineira, é o funcionamento da sala de vacinação no horário do almoço. A Sesau também tem levado a vacinação contra gripe até pessoas acamadas, creches e escolas das redes municipal e privada, asilos, comandos da Guarda Municipal e da Polícia Militar, igrejas e hospitais.

Até agora, 80% dos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde (MS) receberam a proteção na capital pernambucana. Isso representa cerca de 350 mil doses aplicadas. A Campanha Nacional Contra Influenza se encerra na próxima sexta-feira (31) com a meta de imunizar pelo menos 90% do público-alvo.

Devem se vacinar as crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; mulheres que tiveram filho há menos de 45 dias; profissionais de saúde, professores de escolas públicas e privadas do Recife; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em cumprimento de medidas socioeducativas; detentos e funcionários do sistema prisional; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, como diabéticos, além de policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.