Mobilidade Trânsito muda no bairro do Pina a partir deste sábado (25)

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/05/2019 10:14 Atualizado em:

Foto: Thalyta Tavares/ArquivoDP. (Foto: Thalyta Tavares/ArquivoDP.)
Foto: Thalyta Tavares/ArquivoDP.
As ruas Joaquim Carneiro da Silva e Antônio Pedro de Figueiredo, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, passam a ter sentido único de circulação a partir deste sábado (25). Segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), o objetivo é melhorar a circulação e garatir a segurança viária. 

Com as mudanças, a Rua Joaquim Carneiro da Silva passa a ser mão única na direção da Rua Mário Gomes de Matos. Já a Rua Antônio Pedro de Figueiredo passa a ser mão única em direção à Avenida Engenheiro Domingos Ferreira. Dessa forma, o condutor que utilizava as vias no sentido oposto poderá seguir pela Rua Alexandrino Martins Rodrigues. Os motoristas terão velocidade regulamentada de 20 km/h para as áreas próximas às instituições de ensino localizadas na área. 

A segunda intervenção consiste na eliminação do sentido duplo em um trecho da Rua Miranda Falcão, que, a partir da interseção com a Rua Caraçatuba, torna-se mão única em direção à Avenida Antônio de Goes. Já na Rua Manuel Coriolano haverá duas mudanças: no trecho entre a Avenida Herculano Bandeira e Rua Caraçatuba, a via terá o sentido de circulação invertido; e, da Rua Caraçatuba até a Avenida Antônio de Goes, a via será mão dupla. 

A partir da mudança, quem segue pela Avenida Antônio de Goes deverá acessar as Rua Manoel Coriolano para chegar as ruas Caraçatuba e Miranda Falcão. Para viabilizar a intervenção, trechos das ruas Miranda Falcão, Caraçatuba e Manoel Coriolano terão o estacionamento ordenado. 

Placas de sinalização e faixas de pedestres serão implantadas ou requalificadas para regulamentar a mudança de circulação nas vias e ordenar o estacionamento na área. Equipes de agentes e orientadores de trânsito serão destacados para os principais pontos da intervenção com o intuito de orientar condutores e pedestres que circulam no local.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.