Defesa Social Paulista recebe programa nacional de combate a crimes violentos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/05/2019 06:33 Atualizado em:

Na imagem, o General Guilherme Teophilo.
Foto: Mandy Oliver/Esp.DP foto (Na imagem, o General Guilherme Teophilo.
Foto: Mandy Oliver/Esp.DP foto)
Na imagem, o General Guilherme Teophilo. Foto: Mandy Oliver/Esp.DP foto

O município de Paulista será um dos dez estados brasileiros a integrar o Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias, promovido pelo Ministério da Justiça, lançado na manhã desta segunda-feira (20). Até a próxima sexta-feira, haverá múltiplas participações de especialistas, entre eles o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que estará no Recife na quinta-feira (23) pela manhã, proferindo palestra sobre corrupção sistêmica e crime organizado.

Segundo o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, as ações serão implantadas de forma pioneira em Pernambuco por conta das ações efetivas promovidas. “Nosso estado está sendo o primeiro a receber essa capacitação porque foi pioneiro na estruturação do Draco e trazendo a expertise da Polícia Federal para a nossa atuação contra quadrilhas que se infiltram na administração pública e subtraem recursos destinados à prestação de serviços para a população”, disse. De acordo com a SDS, com menos de cinco meses de atuação, o Draco já desencadeou 10 operações, desarticulando quadrilhas responsáveis por um prejuízo estimado de R$ 254 milhões ao erário, além de 38 prisões e 67 mandados de busca e apreensão.

Inicialmente, a ação consiste em uma semana de reuniões de membros especializados em combate à corrupção com integrantes das policias locais, sobretudo do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco), na Secretaria de Planejamento. O objetivo do programa é promover a integração entre os profissionais a fim de fortalecer as corporações estaduais nas ações. Participam das capacitações 27 policiais do Draco, entre delegados e agentes, três servidores da Controladoria Geral do Estado e um representante do Ministério Público de Contas e outro do Ministério Público de Pernambuco.

“Esse programa é uma grande entrega que o ministro Moro faz à sociedade brasileira. Foi desenvolvido no interior da Senasp pelo delegado Jorge Pontes. Pernambuco será o primeiro beneficiado porque também faz parte do programa de enfrentamento aos crimes violentos através de Paulista, uma das cinco cidades que será beneficiada por essa outra ação”, disse o general Guilherme Theophilo. Ele também enfatizou que o trabalho dos dois programas iniciará em junho e será integrado. “Temos que ser multiplicadores para que todo o estado e muitos municípios tenham um pequeno núcleo para fazer combate ao crime organizado”, ressaltou.

Além do setor da segurança pública, o governo vai envolver as áreas de saúde, educação, desenvolvimento regional, infraestrutura, polícia comunitária e coleta de lixo no plano. “Vamos atuar nas causas, não só nas consequências, com a geração de emprego, mais saúde e educação. Fizemos um diagnóstico local de segurança em Pernambuco, e o modelo de sucesso que for feito aqui será replicado em todos os outros municípios brasileiros”, disse Theophilo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.