Educação Teatro Móvel chega ao Recife nesta segunda-feira

Publicado em: 12/05/2019 12:20 Atualizado em: 13/05/2019 11:18

O Teatro Móvel, que oferece entretenimento de forma lúdica e gratuita a partir de um caminhão, ficará estacionado na Rua do Observatório, em frente à Praça do Arsenal, no Bairro do Recife a partir de segunda-feira (13) até a sexta-feira (17).

Em parceria com a Prefeitura do Recife, por meio das secretarias de Turismo, Esportes e Lazer e de Educação, o projeto será oferecido a 480 estudantes da rede pública de ensino. Trinta escolas serão envolvidas, sendo 21 escolas municipais e nove escolas de tempo integral. O Teatro Móvel acontece dentro de um caminhão, patrocinado pelo aplicativo Uber, que pretende levar ao universo infantil temas contemporâneos, como igualdade de gênero.

No Recife, a apresentação será Uma Janela para o Céu, da CIA Realejo.A  companhia trabalha com a criação de histórias autorais, com o foco nas narrativas protagonizadas ou escritas por mulheres. De forma lúdica, o grupo busca levar para o universo infantil temas contemporâneos, como igualdade de gênero, tecnologia, cidades e descobertas do universo infantil. As artistas trabalham com texto, música e objetos cotidianos ressignificados, buscando a simplicidade estética no contar e apostando na potência do encontro entre elas e a plateia.

As apresentações serão no período da manhã e tarde e buscam fortalecer a identidade cultural da região visitada.Em dois anos, o projeto levou cultura, arte e diversão para mais de 11 mil participantes de 15 cidades e quatro estados. Foram mais de 230 apresentações artísticas. Durante os meses de maio, junho e agosto de 2019, o projeto visitará 10 cidades dos estados de Pernambuco, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas e Mato Grosso. A iniciativa, além de disseminar a vivência da cultura, entretenimento e da boa música, ainda evidencia a arte como um importante agente de transformação social, bem como vetor de desenvolvimento turístico.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.