Macambira III Operação conjunta entre polícias erradica 69 mil pés de maconha no Sertão

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/05/2019 08:27 Atualizado em:

Equipes utilizaram viaturas, bote e helicóptero para chegar aos locais do plantio. 
Foto: Divulgação PRF. (Equipes utilizaram viaturas, bote e helicóptero para chegar aos locais do plantio. 
Foto: Divulgação PRF.)
Equipes utilizaram viaturas, bote e helicóptero para chegar aos locais do plantio. Foto: Divulgação PRF.

Plantações que iriam produzir cinco toneladas de maconha pronta para o consumo foram erradicadas em uma ação conjunta entre as polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar. A Operação Macambira III destruiu 69 mil pés da droga na última quinta-feira (9), nos municípios de Orocó e Cabrobó, no Sertão de Pernambuco.

Os locais de cultivo estavam localizados em ilhas e no continente. Para ter acesso, os efetivos utilizaram viaturas, bote e helicóptero para chegar aos locais do plantio, conseguindo queimar 5,5 mil mudas de “cannabis sativa”. Essa é a terceira etapa da Operação Macambira III, que integra a Operação Lábaro.

Ninguém foi preso. Os policiais realizaram buscas nas plantações e no entorno das roças, mas não conseguiu localizar os responsáveis. O delegado do 12º Departamento de Repressão ao Narcotráfico da Polícia Civil (DENARC), Dark Blacker, participou das incursões e irá investigar os responsáveis pelas plantações.

Os policiais realizaram buscas nas plantações e no entorno das roças, mas não conseguiu localizar os responsáveis.
Foto: Divulgação PRF. (Os policiais realizaram buscas nas plantações e no entorno das roças, mas não conseguiu localizar os responsáveis.
Foto: Divulgação PRF.)
Os policiais realizaram buscas nas plantações e no entorno das roças, mas não conseguiu localizar os responsáveis. Foto: Divulgação PRF.
Operações
A Operação Macambira tem o objetivo de reforçar o combate a ilícitos no bioma da Caatinga e conta com policiais especializados na progressão neste tipo de terreno.

Já a Operação Lábaro começou no mês de março e segue até o final do ano em todo o país. O objetivo é intensificar o enfrentamento ao crime, além de reforçar a segurança nas rodovias federais e áreas de interesse da União.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.