Serviços Mulheres atendidas pelo Mãe Coruja Recife participam de ação no Dona Lindu

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 09/05/2019 17:39 Atualizado em: 09/05/2019 19:47

Massagem, maquiagem, oficina de turbantes, limpeza de pele e design de sobrancelhas foram serviços oferecidos às mães. Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
Massagem, maquiagem, oficina de turbantes, limpeza de pele e design de sobrancelhas foram serviços oferecidos às mães. Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
A dona de casa Edivânia Conceição, 36, chegou ao Parque Dona Lindu, Boa Viagem, Zona Sul da capital pernambucana, com o filho, Júlio, 1 ano, nos braços. Ao descer do ônibus disponibilizado pela Prefeitura do Recife para as mulheres atendidas pelo programa Mãe Coruja, observou com admiração as construções assinadas por Oscar Niemeyer. "É muito bonito. Estou encantada", disse.

Edivânia e outras 500 mulheres do programa Mãe Coruja Recife passaram a tarde desta quinta-feira (9) no parque da orla de Boa Viagem. Em evento em comemoração ao dia das mães foi promovido no local. As recifenses tiveram acesso a serviços como massagem, maquiagem, penteado afro, oficina de turbantes, limpeza de pele e design de sobrancelhas, além de assistirem à apresentação musical do grupo Amigos Sertanejos, Geraldinho Lins e Gerlane Lopes.

Mães de bairros de todas as áreas da cidade participaram da ação no Parque Dona Lindu. Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
Mães de bairros de todas as áreas da cidade participaram da ação no Parque Dona Lindu. Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
"Foi incrível ter uma tarde diferente assim, onde a gente que cuida pode ser cuidada", disse a dona de casa Ana Paula Silva, 33, moradora do Alto José Bonifácio, Zona Norte do Recife. Enquanto as mães recebiam os cuidados e se divertiam, as crianças ficaram em um espaço especialmente criado para elas. Para o público infantil, havia brincadeiras, oficinas de pintura, jogos e contação de história.

"O Mãe Coruja é programa que já chegou a 10 mil gestantes cadastradas, tantas crianças que já nasceram com o acompanhamento do projeto e que tem o acompanhamento multidisciplinar até hoje. Um serviço diferenciado no Brasil inteiro, que a gente tem aqui. Comemorar o dia das mães com elas é especial. Estamos muito felizes de ter a oportunidade de poder comemorar com elas o sucesso desse programa que é uma política pública vencedora no país", declarou o prefeito Geraldo Julio.

Programa

O Mãe Coruja Recife, baseado na experiência do Mãe Coruja Pernambucana, foi implantado no Recife em janeiro de 2014 com a inauguração do primeiro Espaço Mãe Coruja, em Água Fria, na Policlínica Salomão Kelner.

O espaço é um local de acolhimento e vivências que busca fortalecer os vínculos entre mãe, bebê e a família, com a proposta de contribuir para a redução da mortalidade materno-infantil, promovendo ações intersetoriais, com a participação de várias secretarias municipais.

O Mãe Coruja disponibiliza profissionais como assistentes sociais e enfermeiras. Gestantes são acolhidas e cadastradas no Sistema de Informação do Programa, possibilitando o armazenamento de dados para monitoramento mensal da gestação, do parto e do nascimento do bebê, que é acompanhado pelo programa até os 5 anos.

Marco Legal

Em 2018, foi sancionado o Marco Legal da Primeira Infância do Recife. O documento direciona as atenções para as crianças de 0 a 6 anos e demarca as diretrizes sobre as políticas públicas que garantam o desenvolvimento integral dos pequenos cidadãos, assegurando também os direitos das famílias grávidas.

O marco serve como garantia para que novas ações da gestão municipal estejam alinhadas a uma visão de futuro capaz de promover mudanças significativas na vida das crianças e, consequentemente, na qualidade de vida na cidade. O material tem como ponto de partida mais de 200 políticas, programas e projetos desenvolvida no Recife para as crianças. Entre elas, estão o Mãe Coruja e o Hospital da Mulher do Recife.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.