Prisão Suspeitos de tráfico e homicídios são presos em operação da Civil

Publicado em: 09/05/2019 12:42 Atualizado em: 09/05/2019 12:49

FOTO: PCPE / Divulgação  (FOTO: PCPE / Divulgação )
FOTO: PCPE / Divulgação
A Polícia Civil cumpriu 12 mandados de busca e apreensão na manhã da última quarta-feira (08), sendo três deles em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, contra suspeitos de integrarem uma quadrilha de tráfico de drogas, sequestros e homicídios. Em dois mandados, as pessoas já estavam presas no sistema penitenciário do estado. Em outros dois, os alvos eram mulheres. Uma delas, adolescente, foi conduzida, mas não ficou presa.

O líder da quadrilha, Deivid Leonardo da Silva, acionava os demais integrantes de dentro da unidade penal e determinava também os homicídios. De acordo com o delegado João Paulo de Andrade, o grupo é conhecido pelo uso da violência. "Eles matavam para manter o dominio do tráfico de drogas na região de Moreno. A participação das mulheres consistia em armazenar o entorpecente e repassar a droga", informou o delegado.

Deivid Leonardo da Silva já havia sido preso duas vezes por tráfico de drogas. Além dele, Josemar Francisco Sores "mazinho", Genivaldo José da Silva e Ramona Mirely Bezerra da Silva, prima de Deivid, também foram presos. Gleibson Santos da Silva, o "Galego", já havia sido preso em 2018 no decorrer das investigações. Outros quatro executores que agiam a mando de Deivid Leonardo da Silva estão sendo investigados. Os suspeitos foram indiciados pelo crime de sequestro e tráfico de drogas. O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) também investiga a participação da quadrilha em outros dois assassinatos ocorridos na região. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.