Religião Festa de Nossa Senhora de Fátima começa nesta quarta no Recife

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/05/2019 19:04 Atualizado em: 07/05/2019 19:09

"Nossa Senhora de Fátima, mãe da casa comum" é o tema da festa. Foto: Paulo Paiva/DP.
"Nossa Senhora de Fátima, mãe da casa comum" é o tema da festa. Foto: Paulo Paiva/DP.
A festa em homenagem a Nossa Senhora de Fátima começa oficialmente nesta quarta-feira (8) no santuário dedicado à santa na Soledade, Recife. Fazendo jus à aparição da Virgem, em 1917, terá novena, com recitação do rosário, e missa. Extraoficialmente as celebrações religiosas acontecem desde o primeiro dia deste mês. Em todas o tema será o mesmo: Nossa Senhora de Fátima, mãe da casa comum. A escolha está relacionada ao discurso do papa Francisco em defesa do planeta e contra uso indevido dos recursos naturais.

“O tema tem a ver com tudo estamos vivenciando hoje, tanto na dimensão ambiental quanto na socioambiental”, disse o reitor do santuário, padre Antônio Mota. Essas questões, lembrou o sacerdote, são descritas pelo pontífice na encíclica Laudato Si, ou traduzindo do latim para o português, Louvado seja. A encíclica data de 2015. E um dos reflexos dela será o Sínodo da Amazônia, convocado pelo papa e que acontecerá em outubro deste ano. O evento reunirá bispos de todas as dioceses em terras amazônicas, no Vaticano, durante 23 dias. No objetivo, segundo a palavra do papa, identificar novos caminhos para a evangelização dos povos que vivem na região, especialmente os índios.

Ao escolher o tema da festa, esclareceu padre Antônio Mota, a preocupação é com “a ecologia integral”. Esta expressão consta no tema do sínodo. A ecologia integral considera não só o meio ambiente, mas também as dimensões cultura, econômico-social e vida cotidiana. É a concepção do todo, do que, para o reitor do santuário, faz de “Nossa Senhora de Fátima, mãe da casa comum”.

As pregações ao longo dos seis dias de festa devem se pautar no espírito do cuidado com a “casa comum”. E serão muitas as pregações. Haverá 10 missas nos seis dias dos festejos, que começam hoje e se estendem até a próxima segunda-feira, quando serão celebrados os 102 anos da primeira aparição da Virgem de Fátima para três pastores e irmãos, Lúcia, 10 anos, Francisco, 9, e Jacinta, 7. Foram cinco aparições ao todo, em 1917, na localidade de Fátima, em Portugal. A última ocorreu no mês de outubro. Além das missas, a coordenação da festa programou novenas de hoje até o domingo, sempre às 19h  e tendo como celebrantes padres de outros santuários e de paróquias.

O templo do bairro da Soledade foi primeiro santuário construído no munto em reverência à Nossa Senhora de Fátima. Inaugurado em 1935, no mês de setembro, o templo foi projetado pelo arquiteto francês Georges Mounier. Nele se encontra os restos mortais de padre José Aparício, um jesuíta português que se tornou confessor de Lúcia, a única das três crianças a não morrer na infância.

PROGRAMAÇÃO DA FESTA

8 de maio
19h – Novena e missa

9 de maio
19h – Novena e missa

10 de maio
19h – Novena e missa

11 de maio
19h – Novena e missa

12 de maio
19h – Missa

13 de maio
6h – Alvorada
6h30 – Missa, com o padre Plutarco Almeida
7h30 – Café comunitário
9h30 – Missa, com frei Aluízio Fragoso
11h – Terço dos homens
12h – Missa, com o bispo auxiliar de Olinda e Recife, dom Limacêdo Antonio
14h – Adoração ao Santíssimo Sacramento, com padre Venilson Maciel
15h – Missa com padre João Carlos Ribeiro e lançamento do CD Bem-aventurada
17h40 – Concerto do coral Madrigal Unicap
18h30 – Missa, com o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido
20h – Procissão com a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.