Saúde Mês terá ações em defesa da Luta Antimanicomial no Recife

Publicado em: 07/05/2019 10:47 Atualizado em: 07/05/2019 10:51

Crédito: Ikamahã/Sesau PCR
Crédito: Ikamahã/Sesau PCR

Até o fim deste mês, o Recife terá uma agenda de programação em alusão ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, celebrado no próximo dia 18. A programação completa está disponível no site da Prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br). Nessa segunda-feira (6), a programação começou com um ato em defesa da luta antimanicomial. Nesta quinta-feira (9), as atividades continuam com roda de conversa com usuários e familiares sobre a importância da participação deles na luta pelos direitos conquistados na Política de Atenção à Saúde Mental, Álcool e outras Drogas. A ação acontece às 14h, no Caps Boa Vista. 

O evento dessa segunda começou com dança circular, representando o sentimento de união dos participantes, e uma apresentação do grupo de maracatu formado por usuários e funcionários da Unidade de Cuidados Integrais à Saúde Guilherme Abath. Professores do Programa Academia da Cidade fizeram um aulão de alongamento com os participantes. Estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio Clóvis Beviláqua levaram cartazes feitos por eles em sala com o tema da saúde mental.

HISTÓRICO
Os movimentos em defesa da luta antimanicomial ganharam força no fim da década de 70, com as denúncias aos abusos cometidos em instituições psiquiátricas. A partir daí, surgiram movimentos de trabalhadores de saúde mental que colocaram em evidência a necessidade de uma reforma psiquiátrica no Brasil. O Movimento Nacional da Luta Antimanicomial tem o dia 18 de maio como data de comemoração em referência a um encontro de trabalhadores de saúde mental realizado em 1987, em São Paulo.

Em 2001, através da Lei Paulo Delgado (Lei n° 10.216/2001), foi instituída a rede de cuidado substitutiva com a criação dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que garantem os direitos dos usuários com transtornos mentais a atendimentos menos invasivos, em que se prioriza o tratamento através da reinserção social. Em todo o País, no mês da Luta Antimanicomial, relembra-se os avanços conquistados no cuidado aos usuários com transtornos mentais e com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

No Recife, os hospitais psiquiátricos existentes na cidade foram fechados em 2016. A Política de Atenção à Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Recife mantém o modelo de cuidado com base na clínica psicossocial. A Rede de Atenção Psicossocial do Recife é composta por Centros de Atenção Psicossocial, residências terapêuticas, unidades de acolhimento e leitos integrais, além dos dispositivos de urgência e emergência do Estado.

Confira a programação do mês

Programação dos atos em defesa da Luta Antimanicomial:
Data: 09/05/19
Horário: 14h
Local: Caps Boa Vista

Atividade: Roda de conversa com usuários e familiares sobre a importância de participarem e lutarem pelo direitos conquistados na Política de Atenção à Saúde Mental, Álcool e outras Drogas.

Público: Trabalhadores, usuários e familiares.

Data: 13/05
Horário: 14h
Local: Auditório da Diretoria Executiva de Regulação em Saúde
Atividade:   Fórum sobre Saúde Mental da População Negra
Público: Gestores e trabalhadores da rede de saúde

Data: 15/05/2019
Horário: 9h30
Local: Praça do Largo da Paz

Atividades:
• Confecção de um painel com temática relacionada à Luta Antimanicomial;
• Oficina da preparação de sucos funcionais e calmantes;
• Oficina de pintura de camisas;
• Barraca de exposição/venda de ervas medicinais e distribuição de chás;
• Barraca informativa “Papo da Saúde Mental”;
• Abordagem com entrega de informativos sobre redução de danos e reforma psiquiátrica;
• Bazar;
• Doutores da felicidade - Atraindo os transeuntes e falando sobre a temática;
• Teste rápido de HIV e Sífilis;
• Atividades do Programa Academia da Cidade.

Data: 15/05/19
Horário: 14h
Local: Upinha Eduardo Campos - Bomba do Hemetério
Atividade: Fórum de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas sobre a Luta Antimanicomial

Data: 16/05/19
Horário: 15h
Local: Praça do Ipsep

Atividades: 
• Bate papo sobre redução de danos e reforma psiquiátrica;
• Oficina de pintura de camisas;
• Atividades do Programa Academia da Cidade.
• Teste rápido de HIV e Sífilis;
• Orientações nutricionais
• Apresentações de atividades desenvolvidas pelos usuários dos Caps José Lucena, Livremente e Davi Capistrano.

Data: 17/05/19
Horário: 14h
Local: Praça do Derby
Atividade: Passeata pela Luta Antimanicomial
Público: Redes de Atenção Psicossocial municipais de Pernambuco, usuários, familiares, trabalhadores e gestores

Data: 21/05/19
Horário: 8h - 11h30
Local: Praça do Morro da Conceição

Atividade: Festival Prata da Casa Ano 2 - Prêmio Dona Ivone Lara: Sensibilização dos trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial quanto ao cuidado de sua saúde mental, por meio da manifestação artística e da reflexão sobre o racismo institucional como fator de adoecimento psíquico.

Público: Usuários de Caps e residências terapêuticas, além de técnicos dos serviços.

Data: 24/05/19
Horário: 14h
Local: Auditório do Museu da Cidade do Recife

Atividade: Diálogos em saúde - Espaço para apresentação de estudos realizadas na Rede de Atenção Psicossocial ou interface com a temática da Saúde Mental.

Público: Gestores e trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial e Atenção Básica, bem como das demais políticas intersetoriais.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.