Olinda Agentes comunitários vão usar tablets para armazenar dados As pesquisas de campo serão feitas com o equipamento para agilizar o atendimento durante as visitas

Publicado em: 29/04/2019 16:29 Atualizado em: 29/04/2019 16:52

Capacitação com os agentes de saúde foi na Policlínica Barros Barreto, no Carmo.  Crédito: Júlio Santos/PMO Divulgação
Capacitação com os agentes de saúde foi na Policlínica Barros Barreto, no Carmo. Crédito: Júlio Santos/PMO Divulgação



Agentes comunitários de Saúde de Olinda iniciaram, nesta segunda-feira, um treinamento para o uso de tablets nas atividades do Programa Saúde da Família (PSF).A ideia é oferecer mais agilidade e confiabilidade no armazenamento de dados da população. O treinamento foi no auditório da Policlínica Barros Barreto, no Carmo.

A ferramenta está sendo empregada para agilizar o atendimento durante as visitas domiciliares dos ACS aos pacientes. A aplicação do equipamento  permite a obtenção de informações mais precisas da realidade do usuário do PSF.

O coordenador de treinamento da empresa Sysvale, Cláudio Lima, reforçou a importância sobre o fortalecimento e as novas dinâmicas das ações. “Ajudar os agentes para melhorar e facilitar o trabalho é a intenção que trago, além de tirar dúvidas e analisar o avanço de cada um”, disse.

A ACS Joseane Alves, que cobre os bairros de Caixa D’Água e São Benedito, mostrou estar satisfeita com o aprendizado. “Tem me ajudado muito, no início tive muitas dificuldades, hoje já estou sabendo manusear. E cada dia a gente vai melhorando para assim chegar à eficiência”, falou.

A capacitação segue ainda amanhã e quinta-feira, das 8h às 17h, com uma nova rodada de orientações.“Adeus cadernetas, bem-vindo ao mundo tecnológico”, afirmou o agente Jailton de Souza. 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.