ONU Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são tema de encontro no Recife

Publicado em: 25/04/2019 13:47 Atualizado em: 25/04/2019 13:51

Crédito: Ricardo Fernandes/DP
Crédito: Ricardo Fernandes/DP

Na próxima terça-feira (30), gestores públicos e representantes da academia, sociedade civil e movimentos sociais vão participar do 1º Diálogo Público sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em Pernambuco. O evento trará ao Recife representantes da ONU Mulheres, UNAIDS e UNFPA, entre outras autoridades.

No encontro, serão abordados temas como as parcerias e meios de financiamento da Agenda 2030 e os desafios e oportunidades para implementação dos ODS em Pernambuco. O debate ocorre no momento em que a Comissão Estadual dos ODS começa a se consolidar, já tendo realizado sua primeira reunião ordinária, e em que a Rede ODS Brasil também constituiu um núcleo pernambucano.

A Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Possui 17 metas globais para fortalecer a paz universal e alcançar três objetivos extraordinários: 1) Erradicar a pobreza extrema; 2) Combater a desigualdade e a injustiça; e 3) Conter as mudanças climáticas.

Promovida pelo Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030) e pela Gestos, a ação tem o apoio financeiro da União Europeia e da Action for Sustainable Development (A4SD).

Na ocasião, a Gestos lançará a publicação “A Agenda 2030 e o acesso à Justiça – Relatório sobre audiências de custódia em Pernambuco, Brasil”, com dados sobre a implementação do ODS 16 (Paz e Justiça) no Estado, análises sobre a população carcerária, panorama das execuções criminais e um estudo sobre as audiências de custódia como meio para garantir acesso à justiça no Brasil e, especificamente, em Pernambuco.

Serviço
1º Diálogo Público sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em Pernambuco
Quando: Terça-feira (30/04), das 8h30 às 18h
Onde: Sede da OAB-PE (Rua do Imperador Pedro II, 346 – Santo Antônio)



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.