POLÍCIA Jovem que matou avó tem prisão preventiva decretada

Publicado em: 09/04/2019 17:23 Atualizado em: 09/04/2019 19:03

Depois de passar pelo Cotel, suspeito foi encaminhado ao HCTP. Foto: Peu Ricardo/DP.
Depois de passar pelo Cotel, suspeito foi encaminhado ao HCTP. Foto: Peu Ricardo/DP.
Em audiência de custódia realizada no fim da manhã desta terça (9), por volta das 12h50, no Fórum de Jaboatão dos Guararapes, Rafael Bezerra Ferro Santos teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. Por decisão da juíza Mirna dos Anjos Tenório de Melo Gusmão, em razão de incidente de insanidade mental, ele foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, para em seguida ser levado ao Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP) localizado em Itamaracá.

Rafael Bezerra Ferro Santos, 20 anos, foi autuado em flagrante na última segunda (8) após assumir o assassinato da própria avó, no bairro de Cajueiro Seco.  O caso aconteceu na madrugada deste dia, às 3h, e o homem apresentou-se à polícia pela manhã. A vítima, Maria Iraci Soares Bezerra, de 57 anos, foi morta a pauladas enquanto estava dormindo.

Antes de ir à polícia, Rafael mandou mensagens à mãe pelo celular contando o que havia feito e dizendo que vozes o haviam atormentado. De acordo com a mãe, o jovem era portador de esquizofrenia. Ela conta que a doença foi diagnosticada em maio do ano passado e que, em junho, ele chegou a ter um surto e a agrediu. Foi preso e solto três meses depois. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.