História Igarassu recebe Celebração Cuieiras neste final de semana

Publicado em: 02/04/2019 11:21 Atualizado em: 02/04/2019 11:57

Judite é uma das moradoras mais antigas do povoado. Foto: Sandro Barros
Judite é uma das moradoras mais antigas do povoado. Foto: Sandro Barros
O povoado de Cuieiras, na zona rural de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, recebe, no próximo final de semana, a segunda edição do Celebração Cuieiras, uma manifestação aberta ao público que comemora os três séculos de história do povoado, marcado por um doloroso processo de resistência, de afirmação identitária e de permanente relação de sobrevivência com a terra. A novidade desta edição é a Feirinha Gastronômica, formada pelas “pescadeiras” do povoado. Os visitantes poderão conhecer os sabores retirados, de forma tradicional, do Rio Timbó. No cardápio, fritada de aratu, filé de siri, sururu, ostra, caranguejo, caldinhos e peixes. Também estão previstas experiências nas áreas da educação, história, memória e da cultura material e imaterial.

A iniciativa é da ONG Movimento Preservar, em parceria com moradores do povoado, artistas, coletivos culturais e Prefeitura de Igarassu. A ideia é contribuir com o processo de autorreconhecimento dos moradores do lugar, com o fortalecimento do sentimento de pertença e com a preservação e fomento de seus bens e valores culturais, além de possibilitar aos visitantes uma experiência de vivência nesse território, saboreando a sua beleza natural, a sua ambiência poética, sua história, sua culinária tradicional e as práticas cotidianas desse povo.

Do Rio Timbó, moradores retiram o alimento diário. Foto: Sandro Barros
Do Rio Timbó, moradores retiram o alimento diário. Foto: Sandro Barros
O evento também terá apresentações artísticas de representantes da cultura tradicional e popular de Igarassu. Na grade, o Maracatu Estrela Brilhante (o mais antigo em atividade do estado), a coquista Lia do Coco de Igarassu, o Coco de Senzala do Mestre Zé Negão (Camaragibe) e o Coco Caieira, formado por remanescentes dos antigos Sambas de Roda do povoado e que ainda carregam uma batida dessa ancestralidade. Estão confirmados também o Boi da Mata, a Trupe Circuluz, a Família Bezerra e o Cupim Boi Cabeça. A programação ainda contará com oficinas afirmativas voltadas para o público da comunidade.

Em abril de 2017, a trajetória histórica do povoado foi contada no livro Povoado de Cuieiras: história e paisagem, do historiador e artista plástico Odilo Brandão (Firo Gravura). A publicação traz, em 270 páginas, a origem, a trajetória histórica e um olhar sobre as paisagens econômica, sociocultural, urbano-rural, e sobre a composição do povo do lugar.

Maracatu Estrela Brilhante é uma das atrações. Foto: Sandro Barros
Maracatu Estrela Brilhante é uma das atrações. Foto: Sandro Barros
O povoado de Cuieiras fica a 35km do Recife. Nos últimos 7 km do percurso, a partir do início da Estrada de Nova Cruz (PE-014), não há transporte público para chegar ao povoado. A locomoção, nesse trecho, deverá ser realizada, por exemplo, através de transporte individual ou fretamento de um coletivo. O caminho é pela BR 101 Norte. Logo após Cruz de Rebouças, virar à direita na PE-014 (Estrada de Nova Cruz) e, em seguida, após 2 km, virar à direita, na Estrada de Cuieiras. Nela, percorre-se cerca de 4 Km em estrada de terra até chegar ao povoado.

PROGRAMAÇÃO CELEBRAÇÃO CUIEIRAS 2019

Sábado, dia 6 de abril.

14h -16h30 – Oficinas

Local: Escola Ana Caldas.

16h35 – 17h30: – Contação de histórias

Projeto Biblioteca Itinerante

Condução: Biblioteca Pública de Igarassu e Academia Igarassuense de Cultura e Letras

Local: Tenda história, Rua de Cima.

17h45: literatura

Atração: Lançamento do livro “A Pedreira: Memórias de Dona Judite”

Odilo Brandão (Firo Gravura)

Local: Capela de São João Batista

18h30– Audiovisual

Atração: Exibição do filme: A Voz do Verbo – Ep. “Sambada dos Mascarados”.

Direção: Chia Boleto e Rui Mendonça

Local: Tenda

19h – Teatro de Rua

Atração: Trupe Circuluz Cia. de Arte, com o espetáculo: “Catirina Entre Dois Amores”

Local: Rua de Cima

19h30 - Música

Atração: Família Bezerra (celebrando o centenário de Bezerra do Sax)

Local: Tenda

20h30 – Cortejo de Boi

Atração: Boi da Mata

Local: Rua de Cima

21h: Música

Atrações: Mestre Zé Negão

Local: Tenda

21h40 – Cortejo de Maracatu

Atração: Maracatu Estrela Brilhante de Igarassu

Local: Rua de Cima e apresentação na Tenda

22h40: Cortejo de Boi

Atrações: Performances do Cupim Boi Cabeça

Local: Rua de Cima

23h: Música

Atrações: Dona Lia do Coco

Local: Tenda

19h30 – 23h30 – Exposição

Mostra: A Pedreira

Local: Casa Cuieiras.

Domingo, 7 de abril.

14h30-16h30 – Oficinas

Local: Escola Ana Caldas.

16h30: Cortejo de encerramento

Atrações: Boizinho Menino do Nascedouro, Boi Vencedor, Boi Cupim Cabeça e as Catirinas (mascarados de Cuieiras)

Concentração: Coco Caieira e convidados (Roda de Ciranda e Sambada de Coco de chão)

Local: Rua de Cima.

Programação das oficinas

Locais: Escola Ana Caldas e Casa Cuieiras

Horários: sábado, dia 6 (14h30 as 16h30); domingo, dia 7 (14h30 – 16h30).

Oficina 1: Mostra de Filmes (Cineclube Literando)

Nestes encontros serão realizadas sessões de exibição de filmes, visando potencializar o exercício da reflexão sobre o audiovisual e abrir espaços para o aprofundamento da reflexão sobre o conceito de leitura fílmica, estimulando a formação do público-plateia. Visa, ainda, contribuir para a sensibilização do olhar e estimular a reflexão e o interesse pela linguagem do cinema.

Público alvo: moradores de Cuieiras com idade entre 8 e 16 anos (prioridade: alunos da Escola Ana Caldas).

Horários: sábado, dia 6 (14h30 – 16h30).

Local: Escola Ana Caldas.

Facilitadores: Rogério Bezerra e Daniel Pereira

Oficina 2: Contação de histórias

Objetivo: trabalhar a contemplação, o imaginário e o interesse pela literatura, bem como contribuir com a afirmação étnica afrodescendente.

Público alvo: crianças, moradoras de Cuieiras, com idade entre 4 e 12 anos.

Horários: sábado, dia 6 (16h15 - 17h15)

Local: Casa Cuieiras.

Facilitadores: Biblioteca de Igarassu e Academia Igarassuense de Cultura e Letras

Oficina 3: Projeto Cafuné 1

Abrangência: Oficinas afirmativas voltadas para a valorização da identidade afrodescendente, como confecção de turbantes, confecção de máscaras, penteados e gastronomia afrodescendentes, nesta versão será trabalhada a gastronomia afrodescendente.

Público alvo: Crianças com idade entre 4 e 7 anos.

Horários: sábado, dia 6 (14h - 16h).

Local: Escola Ana Caldas.

Oficina 4: Projeto Cafuné 2

Abrangência: Oficinas afirmativas voltadas para a valorização da identidade afrodescendente, como confecção de turbantes, confecção de máscaras, penteados e gastronomia afrodescendentes, nesta versão será trabalhada a confecção de turbantes e pintura corporal.

Público alvo: Meninas com idade entre 8 e 16 anos.

Horários: domingo, dia 7 (14h30 – 16h30).

Local: Escola Ana Caldas.

Oficina 5: Memória Afetiva “Brincantes de Bumba Meu Boi”

Abrangência: nessa oficina trabalha-se a brincadeira do bumba-meu-boi, expressão tradicional da cultura popular, que se mantém com suas singularidades nos diferentes territórios da nação brasileira. Na recriação dessa brincadeira são alimentadas a realidade e as características da comunidade local, envolvendo um rico processo que se traduz em princípio de formação de uma comunidade leitora, além de estimula a criatividade e, ainda, ocorre a produção de artefatos para um cortejo poético.

Público alvo: moradores de Cuieiras com idade entre 8 12 anos (prioridade: alunos da Escola Ana Caldas).

Horários: domingo, dia 7 (14h30 – 16h30).

Local: Escola Ana Caldas.

Facilitadores: Rogério Bezerra e Daniel Pereira

Vagas: 20

Oficina 6: Catirinas

Nesta oficina será gerado um ambiente de livre confecção de máscaras de Catirina, a partir de materiais diversos, comumente utilizado em Cuieiras para esse fim, como papelão, borracha, tecido, tinta, dentre outros. Dessa forma, espera-se contribuir para a preservação e o fomento do brincante Catirina (Catita), ocorrência mais que secular no Carnaval de Cuieiras.

Público alvo: crianças e jovens, moradores de Cuieiras, com idade entre 8 e 14 anos (prioridade: alunos da Escola Ana Caldas).

Horário: domingo, dia 7 (14h30 – 16h30).

Local: Escola Ana Caldas

Serviço: Celebração Cuieiras – Segunda Edição 2019

Data: 06 e 07 de abril de 2018

Local: Povoado de Cuieiras, Igarassu - PE

Endereço: Rua de Cima, em frente à Escola Municipal Ana Caldas Brandão

Como chegar: http://bit.ly/2p8I4pt

Ingresso: Gratuito

Página: https://www.facebook.com/


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.