Peça Paixão de Cristo do Recife é reformulada e será encenada no Marco Zero

Publicado em: 01/04/2019 13:38 Atualizado em: 03/04/2019 20:34

O pernambucano Bruno Garcia interpreta Jesus. Foto: Divulgação.
O pernambucano Bruno Garcia interpreta Jesus. Foto: Divulgação.
Uma nova montagem da Paixão de Cristo será encenada no Marco Zero entre os dias 19 e 21 de abril, sempre às 18h. A apresentação a céu aberto refaz os últimos passos de Jesus e será realizada pela Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), que esteve à frente de todas as edições do espetáculo, com exceção de 2018. O espetáculo Jesus, a luz do mundo tem apoio da Prefeitura do Recife, é gratuito e aberto ao público.

A peça tem roteiro, montagem e elenco novos. Ao todo, serão 22 cenas, algumas inéditas no Marco Zero, como a Anunciação, quando o anjo Gabriel revela a Maria que ela conceberá o Messias. Haverá ainda passagens vividas por Jesus na infância.

O texto, inspirado na história bíblica, tem a assinatura de Carlos Carvalho, que assume ainda a direção do espetáculo. O elenco conta com participações como a de Bruno Garcia, no papel de Jesus, e Germano Haiut, que interpreta o diabo.

Mais de 43 atores e 140 figurantes participam da peça. Vinte profissionais irão compor a equipe técnica. Os figurinos são de Manoel Carlos. Os cenários, de Célio Pontes. Eron Villar assume a iluminação e assistência de direção. A trilha sonora é do maestro José Renato.

TRAJETÓRIA

A Paixão de Cristo do Recife foi criada em 1997 após José Pimentel - falecido em agosto de 2018 - sair do posto de ator e diretor da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. A encenação foi realizada no estádio do Arruda em seus primeiros cinco anos e, a partir de 2002, passou para o Marco Zero, onde ocorre desde então, com um único intervalo, em 2006, quando foi produzida no Forte do Brum. Em julho de 2017, José Pimentel foi eleito Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Serviço:
Jesus, a luz do mundo – A nova Paixão do Recife
Datas: 19, 20 e 21 de abril
Local: Marco Zero, Bairro do Recife
Hora: 18h
Entrada: gratuita

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.