• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
3,3 graus Terra volta a tremer em São Caetano, Agreste de Pernambuco

Publicado em: 02/03/2016 07:21 Atualizado em: 02/03/2016 07:46

Um tremor de terra de 3,3 graus de magnitude na escala Richter foi registrado no município de São Caetano, Agreste de Pernambuco, por volta das 2h19 da madrugada desta quarta-feira. Até o momento, não há relatos de estragos causados pelo abalo, que foi sentido em Caruaru. Pelas redes sociais, moradores da cidade, confirmaram ter percebido o fenômeno: "Aqui em Caruaru, acabou de dar um tremor bem forte", contou Carol Barbosa Cavalcanti pelo Facebook.

Na terça-feira passada, dia 23 de fevereiro, outro tremor foi registrado em São Caetano e de Caruaru, também no Agreste, foi sentido por moradores de pelo menos 25 municípios pernambucanos. Na ocasião, foram registrados mais de 85 tremores ao longo do dia, com pico às 16h30. O episódio foi considerado o maior abalo sísmico dos últimos nove anos em Pernambuco. O maior tremor já registrado no estado aconteceu em 2007 e também teve o epicentro na cidade de São Caetano.

Falha geológica - O geólogo Gorki Mariano, professor do Departamento de Geologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), explicou que fenômenos como esse acontecem por causa do Lineamento Pernambuco, uma falha geológica que corta o estado paralelamente à BR-232. “Em Caruaru (que fica próximo a essa estrutura geológica), vários registros como esse já foram registrados ao longo da história”, pontuou. Segundo o professor, o Lineamento Pernambuco é como uma “cicatriz antiga” e tem mais de 550 milhões de anos.

Depoimentos - “Acordei agora a tarde com minha casa tremendo e a janela batendo e um barulho estranho. Pensei que era um caminhão passando em frente a minha casa, quando era na verdade resultado do tremor que abalou o Agreste pernambucano nessa tarde”, João Paulo Lima. "Foi muuito forte aqui em Caruaru! tava no 12 andar do Empresarial Difusora, e o chão balançou foi muito!”, Ádrya Tavares. 


SAIBA MAIS

Entre 4 e 6
Quebra vidros, provoca rachaduras nas paredes e desloca móveis

Entre 6 e 7
Impacto causa danos em edifícios e destrói construções frágeis

Entre 7 e 8
Danos graves em edifícios e grandes rachaduras no solo

Entre 8 e 9
Destruição de pontes, viadutos e quase todas as construções

Magnitude maior que 9
Destruição total com ondulações visíveis


Histórico de tremores em Pernambuco:

Julho de 2015
Um tremor, de magnitude 3,3, atingiu o Agreste do estado e teve epicentro localizado entre Caruaru e Bezerros

Fevereiro de 2015
Tremores, de magnitude média de 2 pontos, ocorreram nos dias 3, 7 e 8 de fevereiro do ano passado. O evento foi registrado a 5 km do centro de Caruaru

Março de 2012
Tremor de magnitude 1,8 graus foi registrado na estação Aliança e sentido também em Caruaru e região

Fevereiro de 2010
O município de São Caetano registrou um tremor de 2,4 graus. Moradores de pelo menos cinco municípios do Agreste relataram ter sentido o tremor

Maio de 2007
Um tremor de magnitude 4,0 foi registrado em São Caetano. Foi o sismo de maior magnitude do estado e tema de trabalhos acadêmicos publicados no país.

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.