legislativo Alepe quer se aproximar dos pernambucanos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/06/2019 10:31 Atualizado em:

Presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), diz que quer fazer prestação de contas do que tem sido debatido e feito na instituição. Foto: Jarbas Araújo/Alepe (Presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), diz que quer fazer prestação de contas do que tem sido debatido e feito na instituição. Foto: Jarbas Araújo/Alepe)
Presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), diz que quer fazer prestação de contas do que tem sido debatido e feito na instituição. Foto: Jarbas Araújo/Alepe
Divulgar e detalhar o serviço prestado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), incluindo o papel dos deputados estaduais, é o mote da campanha lançada pela nova gestão da casa na última segunda-feira. O objetivo da ação é envolver a população na elaboração e discussão de pautas e temas que vão dar origem a projetos de lei.
 
A campanha também pretende levar os pernambucanos a conhecer as legislações já em vigor para que os cidadãos conheçam seus direitos, como é o caso da Lei 13.300, aprovada desde 21 de setembro de 2007, e que garante a reparação de lesão física à mulher vítima de violência, com direito à prioridade no Sistema Único de Saúde para reconstituição da área lesionada em função da agressão sofrida.
 
“Vivemos um novo momento na Assembleia Legislativa onde o diálogo é prioridade. Estamos promovendo parcerias importantes para garantir avanços à sociedade. Essa campanha de prestação de contas serve para que todos tomem conhecimento do que está sendo feito”, afirma o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros (PP). O material segue até o mês de agosto e já começou a circular em formatos de vídeo, na TV e internet e rádios, além de veículos impressos e mídia exterior. Em seus 184 anos de existência, é a primeira vez que a Alepe promove esse tipo de campanha de anúncio do trabalho da casa.
 
“A Assembleia Legislativa de Pernambuco é efervescente, muito ativa, com muitas atividades e a população em geral não sabe o que acontece e a forma como acontece. E estamos fazendo esse trabalho para o povo pernambucano tomar mais conhecimento do que a Alepe faz no dia a dia, não somente os 49 deputados. Nós temos 15 comissões temáticas debatendo e discutindo todos os projetos de lei e os problemas enfrentados pelo estado. Temos as frentes parlamentares, como a que acompanha os trabalhos de transposição do Rio São Francisco e a que tem acompanhado a situação das barragens. Temos plenários de segunda a quinta-feira. Além dos projetos de leis, tem os requerimentos, debates nas comissões temáticas, regulamentações, entre outros. E essa campanha é o início de uma transformação da relação da casa com as pessoas”, detalhou o superintendente de comunicação da Alepe e ex-deputado, Ricardo Costa.
 
Uma das formas de participação e de conhecer o que está em tramitação e do que já foi aprovado, por exemplo, é através do site www.alepe.pe.gov.br. Neste endereço, o cidadão também encontra os contatos da ouvidoria e o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), onde pode ser feito pedido de informação e documentação, por exemplo. Em muitos debates qualitativos das comissões temáticas, a população pode participar através das audiências públicas. No segundo semestre, também será inaugurada a TV Alepe, através do canal aberto 28,2, quando serão transmitidas as sessões plenárias, as temáticas, as frentes parlamentares, as sessões solenes, entre outras atividades.
 
“O importante é que a demanda, o sentimento da população, possa chegar aos deputados, sobretudo neste momento, quando tivemos 51% de renovação da casa na última eleição. Eu acredito que agora estamos com uma grande capacidade de criar e inovar em novas matérias”, justificou Ricardo Costa.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.