câmara Deputados do PSL fazem almoço de aproximação com Maia

Por: AE

Publicado em: 06/06/2019 16:23 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Deputados do PSL participaram nesta quinta-feira, 6, de um almoço informal na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O gesto faz parte de uma retomada das relações entre Maia e o partido do presidente Jair Bolsonaro. A relação se desgastou no início do ano, principalmente com as rusgas e trocas de farpas entre Maia e Bolsonaro, que agora parecem viver um período de trégua.

Segundo a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), boa parte da bancada de 54 deputados, participou do encontro, incluindo o líder do governo na Câmara, Major Victor Hugo (PSL-GO), e o líder do partido na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO). "Essa retomada nas relações são extremamente importantes para a estabilidade nas relações do Congresso com a base governista", disse a deputada. Segundo Zambelli, Maia aproveitou o almoço para falar da importância da bancada conversar com os governadores dos Estados sobre a inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência.

Em nota, Zambelli comentou ainda sobre a participação da líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), no almoço. "(Joice) chegou já no final, quando os deputados já começavam a se despedir".

No fim da sessão do Congresso de ontem, Joice protagonizou um bate-boca público com o senador Major Olimpio (PSL-SP). Olimpio chamou Joice de "moleque" e de "sem palavra", logo depois de ser derrotado numa votação em que defendia a inclusão da carreira de agente penitenciário na carreira policial. Ao rebater o líder do PSL, Joice disse que não tinha medo de quem tem arma. Na sequência, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pôs fim à sessão rapidamente.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.