petista Japonês da Federal tenta visitar Lula na prisão, que recusa o encontro

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 31/05/2019 18:21 Atualizado em:

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil
Um dos símbolos da Operação Lava-Jato, o policial federal aposentado Newton Ishii, que ficou conhecido como Japonês da Federal, tentou visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão, mas teve o encontro recusado pelo petista. 

Segundo a jornalista Bela Megale, de O Globo, Ishii visitou a superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde trabalhava e lá, chegou a dirigir-se à sala onde Lula cumpre pena. Foi orientado, no entanto, a não continuar, porque, consultado, Lula disse que não queria recebê-lo.

Figura popular
Em 2015, Ishii se tornou uma figura popular no Brasil por aparecer constantemente no notíciário conduzindo acusados da Operação Lava-Jato. Acabou ganhado o apelido com o qual ficou famoso e virou até marchinha de carnaval na folia de 2016. Ele mesmo, no entanto, chegou a enfrentar acusações de corrupção.

Agentes que foram à casa de Lula para realizar uma condução coercitiva, em março de 2016, contaram que, ao abrir a porta para os policiais, Lula teria feito uma brincadeira: "Ué, cadê o Japonês da Federal", teria perguntado.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.