Boa Viagem Pernambucanos vestem a camisa para defender presidente

Por: José Matheus Santos

Publicado em: 26/05/2019 10:28 Atualizado em: 26/05/2019 11:16

Foto: Agência Brasil.
Foto: Agência Brasil.
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro organizam um ato, neste domingo, em vários estados, em favor do governo e, em parte, contra as ações do Congresso Nacional. Segundo o movimento Liberta Pernambuco, também serão defendidas pautas como a Reforma da Previdência e o pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. Na capital pernambucana, a manifestação terá início a partir das 14h, na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, com concentração em frente à Padaria Boa Viagem e seguirá em direção ao Segundo Jardim. 

Os organizadores pedem aos simpatizantes, nas postagens nas redes sociais, para usarem camisas nas cores da pátria e para levar bandeiras do Brasil. De acordo com Wilker Cavalcanti, presidente do Liberta Pernambuco, o movimento também é contra o Congresso Nacional. “O presidente Bolsonaro foi eleito por quase 58 milhões de brasileiros e, em cinco meses de governo, ele tenta governar para a população com políticas públicas prometidas durante a campanha. E o nosso Congresso tenta barrar o que vem do Executivo a fim de obter vantagens e negociatas. Nossa manifestação não é somente por Bolsonaro ou Moro, mas sim pelo Brasil, porque todo poder emana do povo”, afirmou Wilker, que também é presidente do PSL Jovem de Pernambuco. Ainda de acordo com ele, pessoas com ideologia “de centro” também estão convidadas para comparecerem aos atos. “Se for de centro, um brasileiro de bem, comprometido com os anseios da nação”, ressaltou. 

Além do Liberta Pernambuco, outros movimentos como o Direita Pernambuco, Conservadores, PSL e PSL Jovem, entre outros, também apoiam a marcha deste domingo. O evento está previsto para encerrar às 17h e contará com policiamento efetivo em todo o percurso da manifestação, de acordo com a Polícia Militar. 

Na classe política, os atos são vistos com bons olhos pelo deputado estadual Marco Aurélio (PRTB), aliado do presidente Bolsonaro. “Sou do partido do vice-presidente Hamilton Mourão, votei em Bolsonaro e defendo a manifestação para mostrarmos que Bolsonaro tem força perante a população. Além disso, é preciso mostrar apoio às reformas”, afirmou o líder da oposição na Assembleia Legislativa.
 
No entanto, para Marco Aurélio, é preciso focar os atos nas pautas propostas pelo governo Bolsonaro, e não no embate com o Congresso. “Eu sou parlamentar e acredito que o diálogo com o Parlamento deve ser resolvido pelo presidente e seus ministros. Não acho pertinente colocarmos mais fogo nessa fogueira, pois o Congresso é uma casa de diálogo e conversa, o que faz parte da democracia”, afirmou Marco, ressaltando as origens de Bolsonaro, que já exerceu sete mandatos consecutivos de deputado federal. Além disso, destacou que o presidente tem três filhos legisladores: Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), deputado federal, Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), senador, e Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), vereador.
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.