FALSO TESTEMUNHO Relatório da PF indica obstrução nas investigações do Caso Marielle

Publicado em: 23/05/2019 12:15 Atualizado em: 23/05/2019 12:35

Foto: Divulgação/PSOL
Foto: Divulgação/PSOL
Um policial militar estaria envolvido na tentativa de obstruir o inquérito do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSol/RJ) e seu motorista, Anderson Gomes. As informações foram obtidas no relatório enviado pela Polícia Federal à Procuradoria-Geral da República.

A investigação concluiu que o policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, Ferreirinha, e a advogada dele, Camila Nogueira, integram uma organização criminosa que tem por objetivo atrapalhar as investigações sobre a morte da vereadora e do motorista. 

O policial teria levado uma testemunha para dar falso testemunho e dificultar a solução do caso.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.