venezuela Araújo: País espera que militares estejam na transição democrática da Venezuela

Por: AE

Publicado em: 30/04/2019 11:39 Atualizado em:

Foto: Yuri CORTEZ / AFP
Foto: Yuri CORTEZ / AFP
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, manifestou apoio do Brasil ao movimento do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, naquilo que chama de uma transição democrática no país vizinho. Guaidó afirmou, nesta terça-feira, 30, ter militares que o apoiam para acabar com a "usurpação do poder" no país e convocou a população para pressionar o presidente Nicolás Maduro nas ruas.

"Nos parece positivo que haja movimento de militares que reconheçam a constitucionalidade do presidente encarregado Juan Guaidó, um dever constitucional de lealdade ao presidente. Precisamos ver a dimensão disso. O Brasil, desde o começo, apoia o processo de transição democrática na Venezuela e espera que os militares sejam parte desse processo de transição democrática", declarou Araújo após reunião com o ministro Relações Externas da Alemanha, Heiko Mass.

Araújo e Mass, em uma agenda sobre a relação comercial entre Brasil e Alemanha, conversaram nesta terça-feira, 30 sobre a situação da Venezuela e manifestaram que os dois países estão "do mesmo lado" no assunto.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.