Instituições Raquel Dodge afirma que a relação entre a PGR e o STF 'é sempre muito boa'

Por: Agência Brasil

Publicado em: 22/04/2019 19:43 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil
A Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, se encontrou nesta tarde com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffolli. As duas instituições teriam entrado em crise com a discordância sustentada por Raquel Dodge acerca do inquérito aberto por Toffolli que tem por objetivo investigar ameaças e críticas feitas aos ministros da Suprema Corte. A decisão de colocar o ministro Alexandre de Moraes como relator do processo também gerou discussão sobre o tema. 

Contudo, ao sair da reunião de cerca de 40 minutos feita no Supremo Tribunal Federal, a Procuradora Geral da República se mostrou positiva quanto às relações entre os dois órgãos. “Foi excelente. A relação do Supremo Tribunal Federal com o Ministério Público é sempre muito boa”, informou. Ela também disse que a visita foi institucional e não falou especificamente sobre o andamento do inquérito. 

Censura
 
Na semana passada, o ministro Alexandre de Moraes decidiu bloquear matérias publicadas na revista Crusoé e no site O Antagonista que citavam o presidente da Corte, Dias Toffolli, como “amigo do amigo do meu pai”. Ele decidiu voltar atrás na decisão após ter sido confirmado a existência do documento que relacionava Toffolli a esse apelido. A informação veio de uma delação premiada do empreiteiro Marcelo Odebrecht. 

A Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR) se manifestou contra o inquérito. Segundo eles, não há legalidade no ato e ele deve ser tratado no plenário, com  a votação dos ministros para a manutenção ou não das investigações. A Advocacia-Geral da União (AGU), contudo, reforçou o apoio ao inquérito e fez contraponto à ação da ANPR para suspender o inquérito.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.