copa do mundo 2019 Quem joga, quais os destaques e onde ver a Copa do Mundo feminina

Por: Folha Press

Publicado em: 07/06/2019 08:45 Atualizado em: 07/06/2019 08:52

Foto: Lionel BONAVENTURE / AFP
Foto: Lionel BONAVENTURE / AFP
Começa nesta sexta-feira (7) a 8ª edição da Copa do Mundo Feminina, sediada na França. O torneio contará com 24 participantes, entre eles a seleção brasileira, que buscará o título inédito. O Brasil esteve em todas as edições da competição e teve um vice-campeonato em 2007 como sua melhor campanha.

Assim como as brasileiras, as anfitriãs francesas também buscam o primeiro caneco. Elas nunca passaram da semifinal. Os EUA, com três troféus, são os maiores vencedores. Serão, ao todo, 52 jogos nesta edição.

O jogo de abertura será entre França e Coreia do Sul, nesta sexta, às 16h (horário de Brasília). O Brasil estreia no domingo (9), contra a Jamaica, às 10h30.

VAI TER TV?
Sim. Globo, SporTV e Band vão transmitir os jogos. Todas as partidas da seleção brasileira serão transmitidas por Globo e SporTV, segundo o site da Fifa. A assessoria da Band informou que a emissora também vai exibir os duelos da equipe brasileira.

SELEÇÕES E GRUPOS   

- Grupo A 
COREIA DO SUL
Melhor posição em uma Copa do Mundo: oitavas de final, em 2015
Caminho até à França: conquistou na repescagem a quinta e última vaga feminina para seleções asiáticas na Copa da França
Capitã: Cho So-hyun, 30, meia do West Ham (ING) 
Destaque :Ji So-yun, 28, atacante do Chelsea (ING), é a maior artilheira na história da Coreia do Sul, com 54 gols

FRANÇA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: 4º lugar, em 2011
Caminho até à França: como país sede, classificou-se automaticamente
Capitã: Amandine Henry, 29, volante do Lyon (FRA) 
Destaque: Eugénie Le Sommer, 30, centroavante, já jogou 150 vezes pela seleção, com 70 gols; ela acaba de conquistar seu sexto título da Liga dos Campeões, pelo Lyon (FRA)

NIGÉRIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: quartas de final em 1999
Caminho até à França: campeã da Copa Africana de Nações, que dá acesso à Copa do Mundo, a Nigéria sofreu nas semifinais e finais, vencendo Camaraões e África do Sul nos pênaltis
Capitã: Oparanozie, 25, atacante do EAG (FRA)
Destaque do time: Oshoala, 24, é atacante e joga pelo Barcelona, e foi por três vezes a melhor jogadora do ano no futebol africano

NORUEGA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: campeã em 1995
Caminho até à França: venceu sete jogos e só perdeu um na eliminatória; a seleção venceu seu grupo e forçou a campeã europeia, Holanda, a disputar uma vaga na repescagem
Capitã: Maren Mjelde, 29, meio-campista do Chelsea (ING)
Destaque do time: meia em seu clube,  Maren Mjelde joga como zagueira pela sua seleção e serve como âncora do time, marcou um dos gols de falta mais bonitos da história das Copas, em 2015

- Grupo B
ÁFRICA DO SUL
Melhor posição em uma Copa do Mundo: estreante em Copas
Caminho até à França: conquistou sua primeira vaga ao ser vice-campeã da Copa Africana de Nações, derrotada pela Nigéria, adversário que havia derrotado na fase de grupos
Capitã: Janice van Wyk, 32, zagueira do Houston Dash (EUA)
Destaque do time: com cabelos espetados e ocasionalmente coloridos, Janice van Wyk tem o maior número de partidas pela seleção entre todos os sul-africanos, homens ou mulheres. 

ALEMANHA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: campeão em 2003 e 2007
Caminho até à França: nas eliminatórias, sofreu sua primeira derrota em casa, diante da Islândia, por 3 a 2. Foi o único tropeço da equipe. As alemãs venceram seus outros sete jogos
Capitã: Dzsenifer Marozsan, 27, meia do Lyon (FRA)
Destaque do time: Lea Schüller, 21, atacante do SGS Essen (ALE), marcou o gol da vitória contra a França em fevereiro, e tem oito gols em suas 12 partidas pela seleção

CHINA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: vice-campeã em 1999
Caminho até à França: classificou-se com facilidade para a Copa da França, vencendo todas as partidas de seu grupo na Copa Asiática, mas foi derrotada pelo Japão nas semifinais
Capitã:  Li Jiayue, 28, zagueira  
Destaque do time: Wang Shuang, 24, meio-campista do PSG, ela é a jogadora mais criativa e mais indispensável da seleção chinesa 

ESPANHA
Melhor posição em uma Copa do Mundo:  fase de grupos em 2015, a primeira copa para a seleção espanhola
Caminho até à França: a primeira equipe europeia a garantir vaga para a Copa do Mundo depois de vencer os oito jogos e sofrer apenas dois gols nas eliminatórias
Capitã: Marta Torrejon, 29, zagueira do Barcelona
Destaque do time: Patri Guijarro, 21, meia do Barcelona, simboliza a ascensão da seleção. Ficou com a bola de ouro e a chuteira de ouro da Copa do Mundo sub-20, em 2018

- Grupo C
AUSTRÁLIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: quartas de final em 2007, 2011 e 2015
Caminho até à França: a Austrália perdeu a final da Copa Asiática para o Japão. Ao demitir o treinador Alen Stajcic, em janeiro, prejudicou os preparativos para a Copa do Mundo
Capitã: Sam Kerr, 25, atacante do Chicago Red Stars (EUA)
Destaque do time: atacante que estreou pela seleção principal aos 15 anos, Sam Kerr é considerada uma das maiores atacantes do mundo e candidata a craque nesta Copa do Mundo

BRASIL
Melhor posição em uma Copa do Mundo: vice-campeão em 2007
Caminho até à França: as canarinhas se classificaram para sua oitava Copa do Mundo, com 31 gols em sete partidas da Copa América Feminina, ante dois gols sofridos
Capitã: Marta, 33, atacante do Orlando Pride (EUA)
Destaque do time: nenhuma jogadora marcou mais gols em Copas do Mundo do que Marta, que tem 15, mas ainda busca o título inédito. Ela foi seis vezes eleita a melhor do mundo

ITÁLIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo:  quartas de final, 1991
Caminho até à França: ausente desde 1999, volta à Copa com ajuda do investimento ampliado em suas equipes femininas feito por alguns dos maiores clubes italianos
Capitã: Sara Gama, 30 anos, zagueira da Juventus (ITA)
Destaque do time: peça central da equipe, a zagueira  Sara Gama é um dos pilares da defesa. Mas sua colega de Juventus, Barbara Bonansea, 27, que se tornou uma força no meio de campo, também merece atenção  

JAMAICA
Melhor posição em uma Copa do Mundo:  esta é a primeira Copa do Mundo para a Jamaica
Caminho até à França: a Jamaica é a primeira equipe caribenha a conseguir vaga para a Copa do Mundo Feminina, uma realização conquistada cinco anos depois que a equipe ressurgiu
Capitã: não divulgado
Destaque do time: Khadija Shaw, 22, atacante do Florida Krush (EUA), os 19 gols que marcou nas eliminatórias fazem dela a artilheira dos qualificativos para a Copa

- Grupo D
ARGENTINA
Melhor posição em uma Copa do Mundo:  última colocada em seu grupo em suas duas participações anteriores: 2003 e 2007
Caminho até à França: a Albiceleste quase não foi à França, tendo chegado em terceiro lugar na Copa América Feminina, conquistou a vaga na repescagem contra o Panamá
Capitã: Florencia Bonsegundo, 25, meia do Huelva (ESP) 
Destaque do time: Belén Potassa, 30, atacante do San Lorenzo (ARG),  é uma das poucas integrantes da atual seleção a ter disputado a Copa do Mundo de 2007, quando tinha 17 anos

ESCÓCIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: esta é a primeira copa para a Escócia
Caminho até à França: a Escócia foi uma das maiores surpresas na preparação para a Copa da França. Venceu sete partidas nas eliminatórias da Uefa e garantiu o primeiro lugar do grupo
Capitã: Kim Little, 28, meia do Arsenal
Destaque do time: Kim Little, que voltou à seleção depois de uma lesão que a impediu de jogar o campeonato europeu de 2017, têm 126 partidas pela seleção, e mais de 50 gols

INGLATERRA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: terceiro lugar, em 2015
Caminho até à França: a Inglaterra passou fácil pela eliminatória, marcando 29 gols e sofrendo apenas um. Derrotou Brasil e Japão e empatou com os EUA na SheBelieves Cup, meses atrás
Capitã: Steph Houghton, 31, zagueira do Manchester City (ING)
Destaque do time: a atuação da capitã Steph Houghton na defesa foi crucial para a Inglaterra no título da SheBelieves, mas o ataque equilibrado da seleção também foi importante

JAPÃO
Melhor posição em uma Copa do Mundo: campeão, em 2011
Caminho até à França: o Japão se classificou facilmente na Ásia. Este ano, registrou resultados interessantes, como a vitória sobre o Brasil e o empate com os EUA na SheBelieves Cup
Capitã: Saki Kumagai, 28, zagueira do Lyon (FRA)
Destaque do time: Autora do pênalti que deu o título ao Japão na final de 2011, Saki Kumagai fez a mesma coisa para garantir a vitória do Lyon na final da Liga dos campeões 2016

- Grupo E
CAMARÕES
Melhor posição em uma Copa do Mundo: oitavas de final, em 2015, a primeira copa para as camaronesas
Caminho até à França: Camarões derrotou o Mali na decisão do terceiro lugar da Copa Africana de Nações, em novembro, e em seguida passou seis meses sem jogar
Capitã: Christine Manie, 35, zagueira do  FCU Olimpia Cluj (ROM)
Destaque do time: jogadora mais velha da seleção, Christine Manie ajudou a garantir a classificação da equipe às suas duas Copas

CANADÁ
Melhor posição em uma Copa do Mundo: quarto lugar, em 2003
Caminho até à França: o Canadá terminou em segundo lugar nas eliminatórias da Concacaf depois de perder por 2 a 0 para os Estados Unidos
Capitã: Christine Sinclair, 35, atacante do Portland Thorns (EUA)
Destaque do time: a capitã Christine Sinclair, que completará 36 anos durante a Copa, é o coração do time. Ela já ganhou por 14 vezes o prêmio de melhor jogadora do ano no Canadá

HOLANDA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: oitavas de final em 2015, a primeira Copa do Mundo para o país
Caminho até à França: a Holanda, atual campeã europeia, teve de passar por uma repescagem na Europa, depois de chegar em segundo lugar no grupo vencido pela
NORUEGA
Capitã: Sherida Spitse, 29, meia do Vålerenga Fotball (NOR)
Destaque do time: Lieke Martens, 26, meia-atacante do Barcelona, foi escolhida como jogadora do ano pela Fifa em 2017, ano em que foi campeã europeia pela seleção

NOVA ZELÂNDIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: fase de grupos (1991, 2007, 2011, 2015)
Caminho até à França: a seleção venceu a Copa das Nações da Oceania pela quarta vez consecutiva, sem sofrer gols, e com vitórias consecutivas por 8 a 0 na semifinal e na final
Capitã: não divulgado
Destaque do time: Abby Erceg, 29, aposentou-se duas vezes da seleção desde 2017 por brigar com a federação por mais apoio ao futebol feminino, mas foi convencida a retornar

- Grupo F
CHILE
Melhor posição em uma Copa do Mundo: esta é a primeira Copa do Chile
Caminho até à França: o Chile está entre as quatro estreantes da Copa, e chegar lá não foi fácil. O time batalha por apoio há anos, e não disputou um jogo que fosse entre 2014 e 2017
Capitã: não divulgado
Destaque do time: Christiane Endler, 27, goleira do PSG, foi considerada a melhor goleira do campeonato francês na temporada passada

EUA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: campeã em 1991, 1999 e 2015, as americanas chegaram pelo menos à semifinal em todas as copas que disputaram
Caminho até à França: os EUA conquistaram o oitavo título na Concacaf, um recorde, goleando o México (6 a 0), Panamá (5 a 0), Trinidad e Tobago (7 a 0) e Jamaica (6 a 0)
Capitã: Carli Lloyd, 36, meia do Sky Blue (EU)
Destaque do time: Alex Morgan, 29, atacante do Orlando Pride (EUA) já marcou seu 100º gol pela seleção e comanda o poderoso ataque da seleção favorita a conquistar o título

SUÉCIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: terceiro lugar em 1991 e 2011
Caminho até à França: a seleção se classificou com facilidade para a copa da França, vencendo as sete partidas de seu grupo nas eliminatórias
Capitã: Caroline Seger, 34, volante do Rosengård (SUE)
Destaque do time: Stina Blackstenius, 23, atacante do Linköpings (SUE), artilheira da Copa do Mundo sub-19 quatro anos atrás, ela fez mais cinco gols nas eliminatórias

TAILÂNDIA
Melhor posição em uma Copa do Mundo: fase de grupos em 2015, a primeira copa do país
Caminho até à França: a seleção viaja à França para sua segunda Copa do Mundo com o quarto lugar na Copa Asiática como seu melhor resultado
Capitã: Duangnapa Sritala, 34
Destaque do time: a veloz Kanjana Sung-ngoen, 32, atacante do Bangkok (TAI), atormentou a defesa da Austrália nas semifinais da Copa Asiática do ano passado


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.