mídia Trump critica cobertura da CNN e sugere boicote a sua proprietária AT&T

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 03/06/2019 10:11 Atualizado em:

Foto: Isabel Infantes / AFP
Foto: Isabel Infantes / AFP
O presidente Donald Trump voltou a criticar nesta segunda-feira (3) a cobertura noticiosa da CNN ao iniciar sua visita ao Reino Unido, ao passo que sugeriu aos americanos que boicotem a AT&T, proprietária dessa emissora de televisão, para forçar "grandes mudanças".

"Acredito que, se as pessoas parassem de usar ou de assinar @ATT, eles seriam forçados a fazer grandes mudanças na @CNN, que está morrendo da mesma forma que sua audiência", escreveu no Twitter. "É tão injusta e com tantas Notícias Falsas e ruins! Quando o mundo assiste à @CNN, recebe uma imagem falsa dos Estados Unidos. Triste!", reclamou.

Trump é um crítico de longa data da CNN e de muitos outros meios de comunicação americanos, especialmente porque não considera a cobertura de sua presidência apropriada.

E seu governo se opôs à aquisição do grupo de mídia Time Warner - do qual a CNN faz parte - pela operadora de telecomunicações AT&T, evocando problemas de concorrência justa. Por fim, a Justiça validou a fusão.

O presidente americano reclamou nesta segunda que, quando chegou ao Reino Unido, viu a CNN "por um momento" como fonte primária de notícias, mas depois desligou.

"Tudo negativo e muitas 'Fake News', muito ruim para os Estados Unidos. Os grandes índices de audiência caem, porque o proprietário, @ATT, não faz alguma coisa?", perguntou ele.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.