Atentado Bombardeio mata dez civis na província síria de Idlib

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 08/05/2019 22:42 Atualizado em:

Dez civis morreram nesta quarta-feira (8) em ataques aéreos do regime sírio e de sua aliada Rússia na província de Idlib, último bastião jihadista do noroeste da Síria, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Segundo o OSDH, dez civis, incluindo uma menina, morreram em dezenas de bombardeios de aviões sírios e russos contra várias cidades e aldeias do sul de Idlib e do norte da província vizinha de Hama.

Os ataques mataram ainda 18 jihadistas e rebeldes em combates com as forças do regime, que perderam nove homens nos confrontos, segundo a mesma fonte.

A província de Idlib e os territórios rebeldes, nas mãos dos jihadistas do Hayat Tahrir Al Sham (HTS), antigo braço da Al-Qaeda, seguem fora do controle do regime de Bashar Al Assad, que bombardeia a região desde fevereiro.

Os bombardeios dos últimos dias foram os mais violentos desde que Moscou e Ancara acertaram, em setembro de 2018, um acordo para estabelecer uma "zona desmilitarizada" para separar os territórios insurgentes das zonas sob o controle do governo e garantir uma trégua.

Ao menos 152 mil pessoas abandonaram suas casas entre 29 de abril e 5 de maio por causa dos combates no noroeste da Síria, informou a ONU nesta terça-feira.

Desde 2011, a guerra na Síria já deixou mais de 370 mil mortos e milhões de deslocados e refugiados.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.