WikiLeaks Meu jornalismo protegeu pessoas, diz Assange

Por: AE

Publicado em: 03/05/2019 08:17 Atualizado em:

Foto: Justin Tallis/AFP
Foto: Justin Tallis/AFP
O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, detido no Reino Unido, negou formalmente na quarta-feira, 2, a um tribunal de Londres seu "consentimento" ao pedido de extradição dos EUA, que o reivindica pelos vazamentos feitos por seu portal.

"Não quero me entregar para ser extraditado por ter feito um jornalismo que ganhou muito reconhecimento e protegeu muitas pessoas", argumentou. (Com agências internacionais)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.