Em Jerusalém, cristãos ortodoxos celebram o fogo sagrado pascal

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 27/04/2019 15:57 Atualizado em: 27/04/2019 16:00

Foto: Gali Tibbon/AFP
Foto: Gali Tibbon/AFP

Mais de 30.000 cristãos participaram neste sábado em Jerusalém na tradicional cerimônia do "fogo sagrado" na véspera da Páscoa ortodoxa, um rito milenar simbolizando a eternidade.

Vela na mão, cerca de 10.000 peregrinos se reuniram fervorosamente na Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, informou à AFP o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Milhares mais estavam em pé no pátio externo da igreja e nas ruas adjacentes para receber a chama que representa a ressurreição de Cristo, observaram os fotógrafos da AFP.

A cerimônia transcorreu sem problemas, informou a polícia.

Segundo a tradição cristã, a basílica foi construída no local onde Jesus foi crucificado, sepultado e ressuscitado.

Este rito milenar - símbolo da eternidade, paz e renovação - é o evento mais sagrado entre os ortodoxos.

A Basílica do Santo Sepulcro está localizada em Jerusalém Oriental, na cidade antiga, ocupada e anexada por Israel. É administrada por seis igrejas cristãs que compartilham todos os cantos do edifício.

Os cristãos representavam mais de 18% da população da Terra Santa durante a criação do Estado de Israel em 1948, mas agora são menos de 2%, a maioria ortodoxos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.